Acolhida e homenagens marcam a chegada do Pe. Gildo na paróquia de N. Sra. do Perpétuo Socorro de Fronteiras
Publicado por: | Data: 06/08/18

Acolhida e homenagens marcam a chegada do Pe. Gildo na paróquia de N. Sra. do Perpétuo Socorro de Fronteiras

Natural do município de Queimada Nova esta será a primeira experiência do padre Gildo Coelho a frente dos trabalhos pastorais de uma paróquia. Ontem (05), foi realizada a acolhida e missa de posse canônica do padre na paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, pertencente à Diocese de Picos que engloba as cidades de Fronteiras (Sede), São Julião e Vila Nova do Piauí.

Antes da realização da missa de posse canônica do Pe. Gildo Coelho, ele foi acolhido em algumas das comunidades que compõe a paróquia. No município de Vila Nova, os devotos de Santo Antônio realizaram uma grande acolhida para o pároco no VN Combustíveis. Também algumas autoridades políticas realizaram atos singelos de confiança e respeito pela chegada do padre. O prefeito municipal Edilson Brito (PTB) que estava participando da acolhida, realizou a entrega da chave da cidade, simbolizando a confiança no sacerdote pelos trabalhos pastorais que serão realizados no município.

Na ocasião, após a entrega da chave da cidade, o prefeito Edilson Brito saudou a todos os presentes e o Pe. Gildo Coelho. O gestor relata a felicidade de todos os católicos vilanovenses em receber o sacerdote na comunidade. “Nós te recebemos de coração aberto e felizes, tenho certeza que o senhor irá prestar um grande serviço a nossa comunidade, seja muito bem-vindo a Vila Nova”, explanou o prefeito.

No município de São Julião não foi diferente, o padre foi acolhido na comunidade Mandacaru na Igreja de São Francisco e na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição. Em todas essas localidades o padre foi recepcionado com uma fervorosa acolhida, seguida de homenagens como adesivos no peito dos paroquianos e bandeirolas.

Depois da fervorosa acolhida no município de São Julião, o padre destaca que a partir deste momento está à disposição de todos os paroquianos e frisa que deseja caminhar junto com todos. “Com certeza, caminhar com vocês, será uma força maior. Agradeço de coração a acolhida, e brevemente, vamos nos encontrar com as pastorais para planejarmos nossa caminhada e para celebrarmos juntos”, falou o padre.

Na sede da paróquia, que é o município de Fronteiras, o padre passou pela comunidade de Cachoeirinha na Igreja de São Sebastião onde iniciou o processo de acolhida no município e depois se dirigiu para o centro da cidade, onde uma multidão o aguardava para recepcioná-lo, e posteriormente ser realizado o processo da missa de posse canônica. Assim como em Vila Nova, a prefeita municipal Maria José (MDB) realizou a entrega da chave da cidade, representando o sentimento de pertencimento ao município.

A prefeita saudou a toda comunidade cristã presente na posse canônica do padre Gildo Coelho. E disse que os fiéis almejam muito a união entre a igreja e o próprio povo de Deus e relatou o que deseja que o padre realize em Fronteiras. “Vamos firmar um elo forte, para que o nosso município seja cada vez mais agraciado por Deus com o sentimento da paz, união e prosperidade. Desejo que o senhor [padre] conduza o nosso povo como um bom pastor que é nos dando força, para que possamos chegar aos ensinamentos de Deus”, pediu a prefeita Maria José.

O Bispo Diocesano de Picos, Dom Plínio José Luz da Silva, presidiu a missa de posse canônica do Pe. Gildo Coelho. Em cada momento da missa realizou a entrega dos artefatos sacerdotais que serão utilizados pelo pároco ao decorrer de sua estadia e trabalhos pastorais na paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

“Estão recebendo no meio de vocês não um homem qualquer, mas um servidor de Deus, aquele que vai acompanhá-los apontando o caminho para o céu. Percebi na fisionomia de cada um, uma grande alegria, de quem recebe e acolhe um bom pastor”, falou o Bispo.

A equipe de jornalismo do Portal Cidades Na Net realizou a cobertura completa do processo de acolhida e posse canônica do Pe. Gildo Coelho, e o mesmo relata como está sendo primeiro contato com os paroquianos de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

“Estou muito feliz e contente, agradeço de modo especial a todas as paróquias que se fizeram presentes. A paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro me acolheu com muita alegria e vibração. Estou confiante com essa missão que a igreja me confiou. Agora juntamente com esta comunidade eu posso desenvolver o meu ofício de pároco, de cuidar do povo de Deus, e prosseguir os trabalhos paroquiais”, finalizou o padre.

Com essa nova jornada pela frente o padre Gildo Coelho, irá gerir aproximadamente 37 comunidades que compõe as 3 cidades que o sacerdote vai dar assistência diretamente.

Fotos acolhida em Vila Nova Igreja de Santo Antônio:

Fotos acolhida na Igreja de São Francisco de Assis Pov. Mandacaru:

Fotos acolhida na igreja de Nossa Senhora da Conceição em São Julião:

Fotos acolhida na capela de São Sebastião na comunidade de cachoeirinha:

Fotos acolhida na praça Getúlio Vargas em Fronteiras:

Fotos da missa de posse canônica do padre Gildo Coelho de Sousa:

 

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Padre Marcos

Veículo é encontrado em estado de desmanche na zona rural de São Julião

Uma picape Fiat Strada cabine dupla, de cor vermelha e placa PIY 0057, tomada de assalto na noite desta quinta-feira (02) na cidade de Padre Marcos, foi encontrada na tarde

Jaicós

Homem desaparece do hospital Florisa Silva em Jaicós e família pede ajuda para encontrá-lo

Um homem identificado como Renato Alves da Silva, de 40 anos, morador da cidade de Campo Grande do Piauí, está desaparecido há 9 dias e familiares pedem ajuda para encontrá-lo.

Picos

PRF apreende 22 toneladas de madeira ilegal na BR 316 em Picos

A Polícia Rodoviária Federal no Piauí (PRF), apreendeu na manhã desta sexta-feira (02), um caminhão que transportava aproximadamente 22 toneladas de madeira ilegal na BR 316 próximo ao município de