Homem percorre 60 km a pé com cruz nas costas para pagar promessa em Oeiras
Publicado por: Danilo Bezerra | Data: 21/03/16
Comments 0

Homem percorre 60 km a pé com cruz nas costas para pagar promessa em Oeiras

Há 21 anos o agricultor piauiense Joaquim Lopes, 51 anos, percorre cerca de 60 km a pé carregando nas costas uma cruz de madeira. O esforço é para pagar uma promessa que fez. Natural de Dom Expedido Lopes, cidade a 281 km de Teresina, o agricultor faz o percusso todos os anos para participar da procissão de Bom Jesus dos Passos em Oeiras, Sul do estado.

Em suas orações, Joaquim pediu a intercessão do santo depois após ser diagnosticado com um tumor nas costas. Curado, ele decidiu pagar a promessa e todos os anos segue a pé para participar da festividade religiosa que aconteceu na última sexta-feira (18).

“Muita fé, e isso tudo é porque na primeira vez que vim a Oeiras eu sofri muito para chegar até os pés do meu padroeiro Bom Jesus, na festa de Bom Jesus dos Passos. No primeiro eu vim sozinho carregando a cruz. Andei muito até chegar, sem comer e sem beber água”, contou dizendo que enquanto tiver resistência vai continuar cumprindo a promessa.

Outras pessoas também cumprem a mesma penitênca e todos os anos saem das localidades vizinhas para a cidade de Oeiras para a tradicional procissão. Como moradores do município de São João da Varjota, que fica a 35km da primeira capital piauiense.
Toda esta manifestação de fé é para manter a tradição religiosa da cidade de Oeiras. Cada morador da cidade, carrega há várias gerações a fé cristã católica. E quando a Semana Santa se aproxima, a religiosidade ganha ainda mais força.

Durante o período da Quaresma, todos da cidade, nas praças, em casa, no trabalho e na igreja, se cobrem de roxo, pedindo perdão. Um outro ato religioso que é tradicional na cidade de Oeiras é a troca das vestes de Bom Jesus dos Passos, que acontece todo ano na quinta-feira que antecede a Semana Santa.

O ritual é tão sagrado que não pode ser filmado ou fotografado. A troca das vestes do Santo acontece na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Vitória, é feita por um grupo de homens.

“Quando a gente desce o Santo do mastro, geralmente nós não tiramos as vestes as quais ele passa o ano todo. Nós o cobrimos com uma túnica sem precisar olhar a imagem despida˜, contou o músico que participa do ato, João Tomás dos Santos.

 

 

 

Fonte: G1

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Sem categoria

Governo Federal antecipa meta e 150 mil recebem cisternas no Piauí

O Governo Federal cumpriu a meta de entregar 750 mil cisternas às famílias pobres e extremamente pobres do semiárido do País. A marca foi atingida dois meses antes do prazo

Sem categoria

2 mil piauienses não provam que estão vivos e podem perder benefícios

Informações concedidas pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) indicam que cerca de 2 mil beneficiários piauienses ainda não deram prova de vida e estão suscetíveis a perder benefícios. Desde

Sem categoria 0 Comments

Facebook terá transmissão de vídeos ao vivo, anuncia Mark Zuckerberg

O executivo-chefe do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou nesta sexta-feira que provavelmente mês que vem a rede social incorporará em nível mundial a possibilidade de transmitir ao vivo para todos seus