Picos lidera ranking de políticos que tentam eleger parentes no Piauí
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 09/09/14

Picos lidera ranking de políticos que tentam eleger parentes no Piauí

No Piauí, pelo menos 20 políticos com mandato tentam este ano eleger parentes para ocupar seus lugares no Poder Legislativo, seja na Assembleia Legislativa do Estado (Alepi) ou da Câmara dos Deputados. A lista de padrinhos inclui o prefeito de Teresina, Firmino Filho (PMDB), em campo pelo sobrinho Firmino Paulo (PMDB) e o ex- governador Wilson Martins (PSB) que busca garantir a vaga do sobrinho Rodrigo Martins (PSB) na Câmara Federal e do irmão, Rubem, na Assembleia Legislativa.

A cidade que lidera o número de políticos que tentam eleger parentes é Picos. Lá o secretário e deputado Warton Santos (PMDB) tenta eleger seu filho, o médico Pablo, a deputado estadual. Ainda em Picos, Kleber Eulálio (PMDB) lançou seu filho Severo Eulálio (PMDB), Ze Neri (PP) tenta reeleger Nerinho (PP), além de Gil Paraibano (Sem Partido) que é sucedido na vida pública pela sobrinha, a deputada Belê (PSB).

A lista de filhos que buscam ser eleitos apadrinhados por seus pais inclui ainda, Tadeu Maia (PSB) e Tadeu Filho (PSB), além dos primos Mainha (SDD) e Eneas Maia (PSDB), Flavio Nogueira (PDT) e Flavio Filho (PDT), o deputado federal Julio César (PSD) e seu filho Georgiano Neto (PSD), todos concorrendo a uma vaga na Assembleia Legislativa.

Família Maia se sucede no poder

Além de pais e filhos, a lista de mulheres que se elegeram e buscam manter-se no poder tendo seus maridos como apoiadores é extensa, como no caso do senador Ciro Nogueira (PP) e a deputada federal Iracema Portela (PP), o senador Wellington (PT) e a deputada estadual Rejane Dias (PT), o ex-prefeito Luis (PTB) e a deputada estadual Lisiê Coelho (PTB), o ex-prefeito Manin (PSB) e a deputada Nilze Rêgo (PSB), o governador Zé Filho (PMDB) e a deputada Juliana Moraes Souza (PMDB); ainda na mesma relação, a deputada estadual e atual secretária de justiça Ana Paula (PMDB) tenta manter sua cota na Alepi elegendo seu marido Zé Santana (PMDB) e os irmãos Marlos (PMDB) e Themistocles (PMDB).

Mortos

Há ainda quem busca garantir os votos apoiados na memória de políticos já falecidos, como Fábio Xavier (PR) que evoca a memória do pai, Xavier Neto, e Ziza (PROS) que tenta entrar na vida pública após o falecimento do pai Ubiraci Carvalho. A lista inclui ainda o nome do vereador Dudu (PT), que até pouco tempo incluía em seu nome ‘Trindade’ em homenagem à esposa.

Portal AZ

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Jair Bolsonaro defende privatização de estatais brasileiras

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, listou entre as medidas que pretende implantar no plano econômico a privatização de “boa parte” das estatais brasileiras e medidas

POLÍTICA

Wellington defende “chapão” e pede prazo até junho ao MDB

Os deputados do MDB se reuniram com o governador Wellington Dias (PT)  na noite desta quinta-feira (27). O partido levou duas reivindicações ao governador. A primeira é a formação de

POLÍTICA

Padre Walmir nomeia quarto secretário municipal de obras

Em um ano e dois meses de governo o prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), já mudou pela terceira vez o comando da Secretaria Municipal de Obras,