PATOS | Vereadores de oposição reivindicam recuperação e roço de estradas e melhorias na área da saúde
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 12/04/21

PATOS | Vereadores de oposição reivindicam recuperação e roço de estradas e melhorias na área da saúde

A Câmara Municipal de Patos do Piauí realizou mais uma sessão ordinária  na manhã do último sábado (10). Os trabalhos foram conduzidos pela vereadora Luzitânia dos Reis e contou com as presenças dos outros sete vereadores.

Sem matérias para votação, os parlamentares discursaram na tribuna. Os vereadores que formam a bancada da oposição reivindicaram melhorias para o município de Patos do Piauí.

A vereadora Zuleide Costa foi a primeira a se pronunciar na sessão. Ela voltou a cobrar a recuperação das estrada vicinais. “Vai torna-se um pouco repetitivo, mas  enquanto não for solucionado, continuarei cobrando sobre a recuperação das vicinais estradas. Tem uns pontos bem críticos e iniciar com alguns reparos, nesses pontos e espero que  isso seja logo solucionado”, disse.

Zuleide disse que foi informado que a máquina está quebrada, então que comecem pelo menos o roço, porque tem muito mato invadido as estradas. “Esperamos um pouco mais de agilidade nesses trabalhos”, reivindicou.

A parlamentar também solicitou o planejamento em relação ao pagamento dos professores do mês de dezembro, se há previsão para tais vencimentos. “Espero que em breve consigam resolver”, frisou.

Por fim,  ela fez um apelo a população para seguir com as medidas sanitárias.  “Estamos numa segunda, devido ao relaxamento das pessoas, então é necessário continuar usando a máscara, álcool em gel, mantendo a distância e não participar de festas clandestinas, porque depois vem as consequências e elas são tristes, agravantes e preocupantes para nosso município. Nossa cidade é pequena e dava para controlar, mas infelizmente, a gente ver um relaxamento do início da pandemia para cá, o que está causando um novo agravamento, uma segunda onda de casos”, disse.

O vereador Antônio Rufino, o Tonhão, também cobrou sobre a recuperação das estradas e roço do mato. “O roço sempre iniciava no mês de março e já estamos em abril e nada. Tem lugares que realmente está se fechando, então já está passando da hora de providenciar esse roço”, disse.

Ele lamentou sobre a falta de muitos medicamentos na farmácia básica. “Sabemos que não tem como ter todos, mas agora está faltando demais, então precisa rever isso”, cobrou o vereador.

O líder da oposição, José Hélio, o Helim, disse que as cobranças dos colegas de bancada são válidas e frisou que há muitas coisas que já estão na hora de serem resolvidas. Ele ainda fez revindicações e ressaltou que já está no quatro mês de mandato da atual gestão, portanto precisar dar andamento as coisas e deixar de mimimi.

Inicialmente, ele cobrou sobre a merenda escolar. “De recursos do PNAE, ficou em conta da gestão passada mais de 59 mil  e com o que entrou até o mês de  março soma mais de 81 mil. Esse dinheiro nesse período é para comprar a merenda escolar e distribuir  para os alunos, tendo em vista, que não está havendo aulas presenciais, e muitas famílias precisam, mas ainda não foi feita essa distribuição, então pedimos ao líder da situação que leve essa reivindicação ao gestor”, disse.

Helim informou que vai solicitar através de ofício, a relação de todos funcionários, cargos comissionados e motoristas da gestão, e que espera ser correspondido. Ele ainda reivindicou sobre o manutenção dos poços tubulares do município, quando afirmou que o poço da localidade Morro da Onça ficou quase um mês parado.

O vereador, também, cobrou a recuperação e roço das estradas, que segundo ele, estão intrafegáveis[…]. Ele ainda disse que a reta não está quebrada, mas sim faltando pneu e que a situação está sendo empurrada com a barriga. “Se for comprar quatro pneus para a reta não inicia tão cedo o trabalho nas estradas,  é mais fácil fazer o reparo no pneu e comprar um outro para agilizar, porque não é barato, mas está na hora de algo ser feito”. […].

Ele repercutiu sobre a reportagem em rede nacional onde o município não registrava casos de Covid, e disse que acha que naquela ocasião havia uma pessoa internada com a doença em Picos.

“Se observarem a mídia que fizeram, dizendo que Patos tinha barreira sanitária, e eu nunca vi uma aqui. Na ocasião, o carro de som e a reportagem atrás e duas pessoas entrando em algumas casas para fazer lobby, e em tão pouco tempo se alastrou de casos, acho que hoje tem 18 casos, e quantas pessoas naquele momento não tinha o vírus, então são coisas que o gestor tem que ter atenção e cuidado para fazer, pois querer se engradecer por isso ou por aquilo, eu acho que não é bom e fica uma coisa obscura, querer passar uma de que está bom e não está”, destacou.

Ele ainda cobrou sobre como está a cobertura médica no município e também sobre a falta de medicação na farmácia básica […]. E disse que até o álcool para os profissionais que trabalham da fisioterapia estava em falta […].

O parlamentar cobrou sobre a ambulância do município, que segundo ele, está na cidade de Paulistana.  “A ambulância já foi entregue ao município pela gestão anterior e está deteriorando no sol e já estando concertada. O ex-prefeito enviou um documento para a chefia de gabinete entregando o veículo e informando o por que de o carro não ter sido entregue antes do fim da gestão anterior” informou o vereador.

Helim leu o documento, onde o ex-prefeito, Agenilson Dias, explica que a retifica não cumpriu o prazo previsto na entrega do carro que era para o dia 20 de dezembro. E por isso, a gestão não poderia fazer o pagamento á retifica, porque só poderia ocorrer caso a ambulância tivesse sido entregue devidamente restaurada no prazo, por tanto a gestão passada não fez um pagamento da retífica, já que o mesmo não seria legal, e que administração anterior  não cometeu irregularidade agiu conforme a lei.

“A ambulância é um bem público e está fazendo falta em Patos, principalmente, nessa pandemia. Como o gestor atual vai fazer eu não sei, mas ele é o prefeito e tem que resolver da melhor forma possível e agilizar a vinda desse veículo, porque ele está em Paulistana na rua […]”, finalizou Helim.

 

Fotos:

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Após seis horas de reunião, Dilma dá mais poder a Lula

Em um cenário de insatisfações de partidos aliados, especialmente o PMDB, dificuldades no Congresso e expectativa de anúncios para a economia, como o novo ministro da Fazenda e até mesmo

POLÍTICA

VILA NOVA│Prefeito Edilson solicita despacho ao governador W.Dias para obras de pavimentação asfáltica e construção de estádio

O prefeito municipal de Vila Nova do Piauí, Edilson Edmundo de Brito, esteve acompanhando, na tarde do último sábado, 21, a agenda de visitas do governador Wellington Dias em Jaicós.

POLÍTICA

Prefeitos piauienses aprovam novo convênio para Transporte Escolar

Foi bem recebida a proposta do Governo do Estado para a nova forma de convênio do transporte escolar entre a Secretaria Estadual da Educação (Seduc) e os municípios. O secretário