Caminhão de empresa de Picos tomba em serra e deixa um morto e outro ferido próximo a Queimada Nova
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 29/07/20

Caminhão de empresa de Picos tomba em serra e deixa um morto e outro ferido próximo a Queimada Nova

Um homem morreu e outro ficou preso nas ferragens em um grave acidente que ocorreu no fim da noite desta terça-feira (28), depois que um caminhão tombar em uma serra entre os municípios Lagoa do Barro e Queimada Nova. o veículo de carga ficou destruído.

As vítimas são funcionários de uma distribuidora da cidade de Picos. Segundo informações, José Josivaldo dos Santos, que era auxiliar, morreu no local. Já o motorista, identificado como Roterfranklin José de Sousa, estava preso nas ferragens do veículo.

Segundo informações de testemunhas, funcionários da empresa Cortez foram ao local do acidente socorrer os feridos. As testemunhas afirmaram ainda que o acidente só foi descoberto por populares na manhã de hoje, 29. José Josivaldo já foi encontrado sem vida, e o motorista foi socorrido em estado grave.

As causas do acidente ainda não foram divulgadas e o caso está sendo investigado.

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

MUNICÍPIOS

Chapa 01 “Sou + OAB” encerra campanha para presidência da OAB de Picos; veja fotos

Há pouco menos de dois dias das eleições para presidência da Ordem dos Advogados do Brasil- Subsecção de Picos, os presidenciáveis Kléber Curica e David Benevides encerraram campanha, reunindo centenas

DESTAQUES 0 Comments

ALEGRETE | Prefeito Márcio Alencar busca ações de segurança pública

O Prefeito de Alegrete do Piauí, Márcio Alencar, esteve nos últimos dias buscando soluções de melhoria na segurança pública do município, em virtude dos roubos ocorridos durante a semana passada,

DESTAQUES 0 Comments

Vereador que integrava quadrilha especializada em roubo a carros-fortes tem mandato cassado

O vereador Reginaldo Gomes Tavares, ex-presidente da Câmara Municipal de Socorro do Piauí, teve o mandato cassado pela Casa por faltar mais de dois terços das sessões plenárias do primeiro