Comandante da PM de Picos diz que polícia não tem estrutura para combater assaltos a bancos
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 05/02/18

Comandante da PM de Picos diz que polícia não tem estrutura para combater assaltos a bancos

O comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar de Picos, o coronel Edwaldo Viana, em entrevista ao Grande Jornal, falou da dificuldade da polícia trabalhar para combater assaltos à bancos no Piauí. Ele destacou que a estrutura que o Estado oferece é precária.

Viana disse que, apesar de a Polícia Militar não ter atribuições de fazer a segurança de bancos, esse trabalho se torna necessário por conta dos riscos que o cidadão sofre em agências desprotegidas.

“Apesar de nós não sermos responsáveis pela segurança de bancos, nós temos que dar a segurança, nós damos segurança ao banco porque têm cidadãos que transitam no banco, então nós temos que dar segurança ao cidadão. E nós sempre dizemos que o Banco do Brasil, apesar de ser uma instituição bilionária, eles não estão preocupados com a segurança, com seus clientes”, disse.

O coronel destacou que já solicitou ao Estado armamento e munições para poder trabalhar no combate a esse tipo de crime. Ele destaca que os assaltantes estão atuando de forma bem organizada e potencialmente armados.

Após o assalto que ocorreu no município de Jaicós – 55,3 km de Picos – na madrugada da última quarta-feira (31), Viana se reuniu com comandantes de para elaborar um plano de contingência para atuar nas 42 cidades que compreendem a região de Picos.

O objetivo é articular a comunicação com hotéis e pensões a fim de obter informações sobre hóspedes suspeitos, fazer um mapa dos locais que têm agências bancárias para criar estratégias de atuação.

O coronel fala que a Segurança no Piauí está cada dia mais falida e que se a situação permanecer como está, o estado pode se tornar semelhante ao Rio de Janeiro e Ceará, com relação a segurança.

OUTROS ASSALTOS

Em menos de uma semana, bancos de três cidades piauienses foram alvos de criminosos. Além do assalto à Jaicós, no dia 31 de janeiro, os municípios de Cocal e Angical do Piauí, ambas na região Norte do estado, sofreram explosões, neste final de semana, nas agências da Caixa e Banco do Brasil, respectivamente.

Fonte: Grande Picos

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES

Jornada Pedagógica é aberta em Jacobina do Piauí com palestra do professor Dyego Feitosa

Teve início, nesta quarta-feira, 12, em Jacobina do Piauí a Jornada Pedagógica 2020. O evento, realizado no auditório do  Sindicato dos Trabalhadores Rurais, marcou a abertura do ano letivo na

DESTAQUES 0 Comments

Dupla acusada de assaltar posto de combustíveis em Massapê é presa em Caridade

Uma dupla suspeita de assaltar na tarde deste sábado, 13, um posto de combustíveis na cidade de Massapê do Piauí, foi capturada pela Polícia Militar nas primeiras horas deste domingo,

Jaicós

Acusado de espancar avô é autuado pelos crimes de lesão grave e roubo

O jovem de 23 anos, identificado por Romário Borges de Oliveira, acusado de espancar seu avô, José Antônio Gomes, um idoso de 70 anos de idade, foi preso na madrugada