Dois agentes e cinco presos ficaram feridos em rebelião na Major César; fugas foram registradas
Publicado por: | Data: 03/07/19

Dois agentes e cinco presos ficaram feridos em rebelião na Major César; fugas foram registradas

Os detentos da Penitenciária Major César Oliveira, na BR-343, Norte do Piauí, realizaram uma rebelião durante visita íntima na tarde desta terça-feira (2). Cinco presos e dois agentes penitenciários ficaram feridos. Não há confirmação de mortos. A Secretaria de Justiça ainda não se posicionou sobre a rebelião.

Segundo as visitas, um preso doente teria solicitado medicação e não foi atendido, causando revolta entre os detentos. Familiares contaram que um inspetor do presídio atirou no pé de um interno e os presos se rebelaram. Já a Polícia Militar contou que um agente penitenciário ficou ferido por um disparo acidental da própria arma, o que gerou uma confusão

Presos destrõem interior da Major César durante rebelião

Presos destrõem interior da Major César durante rebelião

“Um inspetor atirou no pé do preso, causando revolta dos outros detentos, que começaram a quebrar as grades do presídio, invadiram a parte administrativa e a direção . Os agentes entraram atirando com balas de borrachas e nós [as visitas] fomos retiradas com a ajuda dos próprios presos de lá”, declarou a esposa de um detento, que preferiu não se identificar.

Alguns detentos aproveitaram a confusão para fugir, mas alguns foram recapturados pela polícia, que não informou o número de presos foragidos. Nove equipes dos batalhões de Teresina, BPRone, Gate, Cavalaria, Tropa de Choque foram acionadas e tentaram controlar a situação dentro do presídio. Enquanto isso, as famílias aguardavam do lado de fora da unidade.

Presos que fugiram durante rebelião na Major César são recapturados — Foto: Divulgação/Sinpoljuspi

Presos que fugiram durante rebelião na Major César são recapturados — Foto: Divulgação

Segundo o comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar, Ivanaldo, dois carros foram incendiados e o prédio depredado. Ele contou que a rebelião começou por causa de um disparo acidental de um agente penitenciário.

“Cinco presos foram baleados quando tentavam fugir e dois agentes ficaram feridos, sendo que um deles foi baleado na perna ao manusear a própria arma e ela disparar, e o outro foi atingido por uma pedrada na cabeça. Todos formaram encaminhados para o hospital”, informou.

Agente ficou ferido após ser atingido por uma pedrada — Foto: Divulgação/Sinpoljuspi

De acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), 200 presos fugiram da unidade durante a rebelião. Eles teriam levado duas armas da unidade e um revólver de um servidor. Atualmente a penitenciária abriga 665 detentos do regime semiaberto.

“As condições que os presos vivem aqui deixam eles bastante revoltados. Falta estrutura na unidade, esgoto a céu aberto, lixo acumulado, as celas superlotadas. A segurança da penitenciária é feita por uma cerca de arrame, que se encontra danificada há anos e os presos aproveitam isso para fugir ou praticar crimes”, disse Kleiton Holanda, presidente do Sinpoljuspi.

Famílias foram retiradas pelos próprios presos durante rebelião na Major César.

Fonte: G1 Piauí

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES 0 Comments

Piauí tem 334 candidatos inaptos a concorrer às Eleições

Somente 4,26% dos pedidos de registro de candidatura no Piauí ainda não foram analisados pela Justiça Eleitoral. Segundo dados do DivulgaCandContas, do Tribunal Superior Eleitoral, até às 10h51 desta segunda-feira

DESTAQUES

MASSAPÊ | Escola João Manoel da Costa promove confraternização para funcionários

Na noite desta quarta-feira (18), diretores, professores e demais funcionários da Escola Municipal João Manoel da Costa, em Massapê do Piauí, realizaram um momento de confraternização para celebrar o fim

DESTAQUES 0 Comments