Ministério do Trabalho resgata 54 trabalhadores em situação análoga à escravidão no Piauí
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 22/12/18

Ministério do Trabalho resgata 54 trabalhadores em situação análoga à escravidão no Piauí

O Ministério do Trabalho resgatou 54 trabalhadores em situação análoga a de escravos, dentre estes havia adolescentes em estado de trabalho desonroso em Baixa Grande do Ribeiro, a 600 quilômetros de Teresina. Os trabalhadores resgatados estavam em uma fazenda de cultivo de soja onde faziam a limpeza manual de áreas de plantio, segundo informações do Estadão.

O Ministério divulgou que os trabalhadores não tinham registro em carteira e não usavam nenhum equipamento de proteção individual.

Os mesmo realizavam a limpeza manual da área, coletavam raízes da terra sem proteção, afirmou o auditor fiscal do Trabalho Robson Waldeck.

O auditor diz ainda que o cenário é de degradação. O grupo foi deixado numa cidade do interior do Piauí e Maranhão, e estava instalado em barracas de plástico e usavam a mata para fazer suas necessidades.

A equipe de fiscalização chegou à conclusão de que as refeições eram feitas em local totalmente inadequado e sem qualquer higiene. Os fiscais também relataram que nenhum dos trabalhadores fez exame médico admissional obrigatório e eram forçados a cumprir jornadas excessivas de trabalho.

Após a notificação da fiscalização com relação as irregularidades, que ferem totalmente a legislação trabalhista, os proprietários da fazenda tiveram que pagar as pessoas resgatadas todos os direitos trabalhistas, eles também terão direito a receber três parcelas do Seguro-Desemprego.

 

 

Fonte: Estadão

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES 0 Comments

PADRE MARCOS | Zé Melado e Juvanir registram candidaturas a prefeito e vice

A Coligação “Rumo Novo com a Força do Povo”, do grupo que atualmente governa o município de Padre Marcos, apresentou de forma conjunta, no Cartório Eleitoral da 68ª Zona Eleitoral,

DESTAQUES

PI | Ex-prefeito é condenado pela justiça a 4 anos de cadeia por desviar recursos da merenda escolar

Acusado pelo Ministério Público Federal de desviar recursos federais da merenda escolar, o ex-prefeito Clézio Gomes da Silva, de Monte Alegre do Piauí/PI, foi condenado a 04 anos de reclusão pelo

POLÍCIA

Mulher é baleada na cabeça ao tentar proteger filha do ex no Piauí

Uma senhora identificada apenas como Rita, está em estado gravíssimo, após levar um tiro na cabeça, ao tentar proteger a filha do ex-companheiro, na madrugada deste domingo ( 22/12), em