Piauí receberá R$ 364,7 milhões de compensação da Lei Kandir
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 31/12/20

Piauí receberá R$ 364,7 milhões de compensação da Lei Kandir

O secretário estadual da Fazenda, Rafael Fonteles, informou que o Piauí começa a receber nesta quinta-feira (31) os recursos financeiros da Lei Complementar 176/2020, que assegura o pagamento de R$ 58 bilhões aos estados e municípios como compensação pelas perdas da Lei Kandir. Esses recursos serão transferidos aos estados e municípios em parcelas até 2037, à ordem de R$ 4 bilhões por ano.

Segundo Rafael Fonteles, o Piauí vai receber um total de R$ 364,7 milhões até 2037. A primeira parcela, de R$ 24,7 milhões, está caindo hoje (31) nas contas do estado e das prefeituras – são R$ 18,8 milhões para o Governo do Estado e R$ 5,9 milhões a serem distribuídos entre 172 municípios piauienses que atenderam as condições do Tesouro Nacional para receber os recursos ainda em 2020. Os demais 52 municípios devem receber a primeira parcela em janeiro – eles dividirão R$ 300 mil.

Segundo o secretário de Fazenda, os recursos reforçarão o caixa do estado e dos municípios para obras de infraestrutura e ações em áreas prioritárias, como saúde e segurança pública. A Lei Complementar 176/2020 foi sancionada terça-feira (29) pelo presidente Jair Bolsonaro, depois de uma ampla mobilização e articulação dos governadores e entidades dos estados e municípios junto ao Congresso e ao governo federal, a fim de garantir a efetiva transferência dos recursos ainda este ano.

Rafael Fonteles, que é presidente do Comsefaz (Comitê Nacional de Secretários de Fazenda, Finanças, Receita ou Tributação dos Estados e do Distrito Federal), enfatiza que a sanção da lei encerra uma disputa de quase uma década entre estados e União pela compensação das perdas provocadas pela desoneração de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) de produtos destinados à exportação, prevista na Lei Kandir, de 1996.

“É mais uma vitória para os estados e municípios. Agora, começaremos efetivamente a receber o que deixamos de arrecadar em todos esses anos, o que será revertido em benefícios para o estado, as cidades e a população”, comemora.

ACORDO DA ADO 25 – O secretário de Fazenda e presidente do Comsefaz explica que, para receberem as transferências, os estados e municípios precisam acessar o Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi) e assinar renúncia de direito das ações judiciais protocoladas no Supremo Tribunal Federal contra a União para cobrar as perdas da Lei Kandir.

A renúncia é condição prevista no acordo celebrado em maio entre a União e os estados em torno da Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) nº 25, pelo qual a União se comprometeu a repassar os R$ 58 bilhões aos entes até 2037. O pagamento da primeira parcela nesta quinta-feira está sendo feito para os estados e municípios que assinaram a renúncia até as 10 horas desta quarta-feira (30).

Dos estados, apenas sete não assinaram o documento; dos 224 municípios piauienses, 52 deixaram de assinar. Agora, os gestores têm dez dias úteis para acessar o Sinconfi e assinar a renúncia de direitos, para que, então, possam receber a primeira parcela.

 

Do cidadeverde.com

sobre o autor

Josely Carvalho
Josely Carvalho 11501 posts

Jornalista e Relações Públicas, formada pela Universidade Estadual do Piauí.

POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES

Piauí registra mais 6 focos de peste suína; 700 animais já foram sacrificados

A Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi) divulgou, nesta segunda-feira (20), que foram confirmados mais seis focos da Peste Suína Clássica no Piauí. Com esse novo levantamento, já são

DESTAQUES

Policial fica com estaca ‘cravada’ no pescoço após pular cerca de arame

O Policial Militar do 12º Batalhão de Piripiri, Cabo Amarildo Pereira, 44 anos, ficou gravemente ferido, na tarde desta segunda-feira (11/02), após um acidente em sua chácara na estrada que

POLÍCIA

Operação Fênix cumpre mandados de prisão contra suspeitos de tráfico e homicídios em cidade do Piauí

As Polícias Militar e Civil do Piauí cumpriram mandados de prisão na manhã desta quinta-feira (6) pela Operação Fênix. Os mandados foram cumpridos em Teresina e no interior do estado