Piauiense é a esperança da Seleção Brasileira feminina; assista o golaço que ela fez sobre a Argentina
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 19/02/21

Piauiense é a esperança da Seleção Brasileira feminina; assista o golaço que ela fez sobre a Argentina

Fixe bem no rosto, na forma de jogar futebol e no nome dela: Adriana, a Maga. Piauiense, natural de União, cidade localizada a cerca de 50 km da capital Teresina, é uma das maiores esperanças da Seleção Brasileira.

Atuando como meia no time montado pela experiente treinadora sueca Pia Sundhage, ela foi uma das jogadoras que mais se destacou na estreia do Brasil, nesta quinta-feira (18), no torneio SheBelieves Cup, que está sendo disputando em Orlando, nos Estados Unidos.

Adriana marcou um belo gol – o terceiro da goleada de 4 a 1- e participou bastante da partida. Se movimentou muito, infiltrou bem, agrediu a área das adversárias e foi bastante elogiada pela treinadora e pelas companheiras de time, incluindo a estrela e camisa 10 da Seleção, Marta.

Adriana comemora gol com companheiras de Seleção Brasileira na goleada sobre a Argentina (Foto: Reprodução da TV)

Neste jogo, com Adriana titular, o Brasil enfrentou algumas dificuldades contra a Argentina especialmente no primeiro tempo. A piauiense Adriana, inclusive, ao lado de Júlia Bianchim tiveram a dura missão de substituir as titulares absolutas Luana e Formiga. Elas foram vetadas pelo Paris Saint-Germain para participar da competição e a CBF não pôde convocá-las.

A entrada de Andressinha tornou a Seleção mais ofensiva. Com a vitória assegurada, com gols de Marta, Debinha, Adriana e Geyse, Pia aproveitou para rodar o time, que ganhou mobilidade com as entradas da veterana Cristiane e das novatas Geyse e Ivana Fuso, que fez sua estreia na seleção. Assista os melhores momentos e gols (incluindo o de Adriana):

ADRIANA: ESPERANÇA DO BRASIL

Falando especificamente de Adriana, é preciso destacar como a piauiense tem se destacado no cenário futebolístico nacional. Maga tem apenas 24 anos e é considerada uma das maiores esperanças de uma Seleção Brasileira que começa a pensar em renovação, ainda mais com estrelas como Marta, Formiga e Cristiane chegando a uma certa idade em que precisam ter um pouco mais de cautela.

Jogadora do Corinthians, ela foi peça chave para o título do Campeonato Brasileiro de 2018, marcando incríveis 14 gols na competição, se tornando artilheira e recebendo o Prêmio Craque do Brasileirão. No Piauí, Adriana passou pelo Flamengo-PI, onde começou a carreira, e Tiradentes, quando chegou a se destacar e foi reconhecida nacionalmente, indo para o futebol paulista. Sua maior decepção foi ter sido cortada um dia depois de ser convocada para a Copa do Mundo, em 2019.

Titular nesta competição nos EUA, Adriana finalmente tem a grande chance de se firmar. Atual campeão do Brasileirão, ela quer agarrar essa oportunidade. A técnica Pia, que sabe que a piauiense é atacante, prefere colocá-la como meia-central por acreditar no seu talento. Maga pode ser levada para a Olimpíada de Tóquio (Japão), que pode ser a grande vitrine da atleta. A estreia neste torneio foi só um aperitivo para o jogo mais aguardado: domingo, o Brasil enfrenta a seleção dos Estados Unidos, atual campeã mundial.

Piauiense Adriana é esperança da Seleção Brasileira e tem se destacado (Foto: Reprodução Redes Sociais)

Fonte: Oito Meia

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES 0 Comments

Homem mata ex-mulher enforcada e depois se mata em Betânia do Piauí

Um homem de 35 anos matou a ex-esposa, de 30 anos, e depois se matou na Zona Rural da cidade de Betânia do Piauí, localizada a 491 km de Teresina.

DESTAQUES

No Piauí, garoto de 12 anos sai para caçar e morre após disparo acidental

O estudante Rodrigo Lopes da Silva, de apenas 12 anos, morreu após ser vitima de um disparo acidental de uma espingarda do tipo “bate-bucha” que ele manuseava. A tragédia aconteceu na manhã do último sábado (13/10),

Francisco Macêdo

Em Francisco Macedo, caminhão derruba poste e deixa cidade sem energia. Veja!

Mais um incidente envolvendo a rede de energia elétrica, foi registrado no município de Francisco Macedo, cidade distante 395 km da capital do Estado. Um caminhão atingiu a rede de