Pré-estação chuvosa se aproxima para aliviar o calor no Piauí
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 17/10/20

Pré-estação chuvosa se aproxima para aliviar o calor no Piauí

Entre 1° e 16 de outubro, o Piauí alcançou altas temperaturas do norte ao extremo sul do seu território. Na sexta-feira (16), a capital,Teresina, chegou aos 38°C enquanto demais municípios apresentavam máximas de 39°C e 40°C. Para a segunda quinzena deste mês, o clima desagradável deve continuar, mas a pré-estação chuvosa do Piauí já mostra sinais de aproximação.

O climatologista e professor da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Werton Costa, aponta que a faixa do Matopiba, que compreende o bioma Cerrado dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, já começa a receber uma precipitação pontual. Esse evento é crucial para aliviar a perversa condição climática do B-R-O bró.

“Quando isso acontece, os padrões de umidade e as presenças das precipitações produzem uma brisa agradável que ajuda a amenizar a chamada temperatura diurna e, às vezes, a noturna”, explica. Nessa faixa, de acordo com Werton, o sul do Piauí é o primeiro a sentir as diferenças.

Já na faixa norte, principalmente o centro-norte, que envolve Teresina e parte de Parnaíba, ela ainda concentra uma significativa carga de calor. Embora a meteorologista descarte a possibilidade do Piauí atingir extremos generalizados por todo o território, como estava acontecendo no fim de agosto e na primeira quinzena de outubro, o calor desagradável, com temperaturas entre 38°C e 40°C e os alertas de baixa umidade relativa do ar, devem continuar em algumas cidades.

Com a concentração de calor na faixa norte do estado, o extremo sul começa a entrar em um patamar de queda sutil que só deve ser alcançado pelo resto do território em meados de novembro. “O calor permanece durante todo mês de novembro com uma queda suave ao longo dos dias e com a força do início da chuva no extremo sul. Em dezembro, ele cai de forma bem mais brutal chegando em um nível que permanece em janeiro, fevereiro e março”,acrescenta.

Chuvas serão abaixo do normal.

O climatologista ressalta que o  La Niña, evento climático natural que ocorre no Oceano Pacífico, essencial para criar condições de chuvas no Piauí, já está configurado. No entanto, o fenômeno que resfria as águas do mar e altera a distribuição de calor e umidade pelo território, vai demorar um pouco para interferir nas condições de chuvas do Piauí.

A última previsão divulgada pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) revela que no trimestre de outubro, novembro e dezembro o estado terá chuvas entre normal e ligeiramente abaixo do normal.

“Em outubro e novembro, essa chuva estaria abaixo da média e, em dezembro, estaria dentro da normalidade, com chuvas entre 100 a 150 milímetros dependendo do ponto do território piauiense. Para Teresina, por exemplo, a média fica em 101 milímetros”, disse Werton Costa.

De acordo com meteorologista, a previsão que aponta para um quadro de chuvas com alguns pontos abaixo da média não vai impactar na produção agrícola, pois é um evento considerado normal e que logo será suprido com boas chuvas que devem se manifestar na virada do ano.

Fonte: Meio Norte

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES

PICOS | PRF apreende mais de uma tonelada de queijo avaliada em R$ 16 mil

Mais de uma tonelada de queijo avaliada em R$ 16 mil foi apreendida durante abordagem de rotina da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-316, no município de Picos, no interior

DESTAQUES

Piauí tem 1ª morte suspeita por síndrome inflamatória associada à Covid-19

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) investiga a primeira suspeita de morte em decorrência das complicações da Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P), que está associada à Covid-19. A paciente tinha

DESTAQUES

Jovem de 19 anos morre afogada em lago ao tomar banho com irmãs no Piauí

Uma jovem identificada como Beatriz Cardoso da Silva, mais conhecida como Bia, de 19 anos, morreu afogada em um lago, no Assentamento Espadarte, zona Rural de União. O acidente ocorreu