Produtores querem construir estrada privada para escoar grãos no Sul do Piauí
Publicado por: | Data: 22/05/20

Produtores querem construir estrada privada para escoar grãos no Sul do Piauí

Cansados de esperar por solução de infraestrutura da parte do poder público e amargar o encarecimento do custeio da safra em pelo menos 30% a mais que outros estados, os produtores de grãos do Sul do Piauí querem definir a viabilidade da construção de estradas que passem por dentro das propriedades e que possam reduzir custos, prejuízos e distâncias no escoamento das sucessivas safras recordes de grãos no cerrado do Piauí. A ideia será analisada em reunião da Associação Piauiense de Produtores de Soja do Piauí (Aprosoja Piauí). O debate deve acontece na próxima semana entre a diretoria da Associação e os produtores.

 

A informação é do presidente da Associação Alzir Neto.  Segundo ele, a ideia não é nova mas vem sendo amadurecida ao longo dos anos depois de sucessivas tentativas de priorização para o setor produtivo junto ao Governo do Estado.  Existe um documento levantado pela Associação que comprova que um ano de recolhimento dos impostos oriundos do setor gera recurso suficiente para asfaltar quase que completamente o Piauí.


Alzir Neto, presidente da Aprosoja, explica o projetos dos produtores de grãos da região Sul do Piauí – (Foto: Arquivo O DIA)

“O que vejo hoje é que a gente projeta estas PPPs, parceria público privada, para a construção destas estradas, mas o Governo não destrava. O Governo não licencia e hoje pensamos mesmo em fazer estradas privadas por dentro das fazendas e esquecer do Público. Na próxima semana a gente deve ter algum andamento desse pensamento”, afirma Alzir.  Na avaliação da Aprosoja Piauí, as PPPs mais avançadas hoje no Piauí são de ordem simples e teriam como ação do Estado apenas desburocratizar e licenciar os projetos. “Mas nem isso acontece”, acrescenta Alzir.

Pelo menos 90% dos mais de 2 milhões e meio de toneladas de soja colhidas no Piauí este ano já foram comercializados. Isso já garante um fôlego para balança comercial do Piauí e para o PIB do Estado que será duramente afetado em outras áreas da economia por conta da pandemia da Covid-19. “O Piauí tem a indústria da Bunge em Uruçuí e mercado internacional como grande destino da produção do cerrado”, explica Alzir.

Veja também

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Alegrete do Piauí

ALEGRETE | Descartado COVID-19 em criança; boletim segue com novos suspeitos

Uma criança da cidade de Alegrete do Piauí, que tinha sido encaminhada ao hospital com suspeita de COVID-19, no último sábado (21) recebeu na manhã deste sábado (28), o último

Padre Marcos 0 Comments

Colisão frontal deixa feridos e motorista preso nas ferragens entre as cidades de Padre Marcos e Francisco Macedo

Dois carros se envolveram em um acidente por voltas das 18h20 desta quarta-feira (5), na rodovia estadual PI 243, que interliga as cidades de Francisco Macedo e Padre Marcos, deixando

DESTAQUES 0 Comments

Jovem é encontrado morto dentro de poço após festa no interior do Piauí

Um jovem de 21 anos foi encontrado morto dentro de um poço na zona urbana de Pedro II, a 195 km de Teresina. O caso está sendo investigado pela Polícia