Adapi flagra carnes roídas por ratos em estabelecimento no Piauí
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 25/02/19

Adapi flagra carnes roídas por ratos em estabelecimento no Piauí

Durante fiscalização em estabelecimentos comerciais da Zona Leste de Teresina, considerada área nobre da capital, na última semana, fiscais da Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi) flagraram 20 locais vendendo alimentos não inspecionados, ou seja, clandestinos. Em um dos lugares, havia carne com sinais de presença de ratos no local.

“Além da carne não estar inspecionada, ficava no chão. Eles tiram da câmara frigorífica para passar a noite descongelando. Mas para manter a qualidade, precisa descongelar na geladeira. Pra piorar estava roída por rato. Vimos um filé que estava mexido e com as marcas. É algo nojento, mas isso foi o mais crítico”, contou a fiscal estadual agropecuária Lourena Paz.

Fiscais da Adapi verificaram alimentos de origem animal na Zona Leste de Teresina.  — Foto: Reprodução/TV Clube

Fiscais da Adapi verificaram alimentos de origem animal na Zona Leste de Teresina. — Foto: Reprodução/TV Clube

Segundo ela, de 25 estabelecimentos fiscalizados, apenas cinco estavam totalmente em conformidade com a legislação. Nem todos os que estavam irregulares estão em situação crítica e os nomes não foram informados. O objetivo é garantir que todos os alimentos de origem animal tenham a devida inspeção.

“Todos os fiscais são médicos veterinários que fiscalizam apenas produtos de origem animal, como ovo, laticínios, queijo, iogurte, requeijão, manteiga da terra e mel. Nada disso pode ser vendido sem inspeção. Além, claro, da carne de boi, carneiro, suíno, peixes, carnes em geral”, explicou.

Segundo ela, foram fiscalizados pontos de venda de frango assado, restaurantes e padarias. Em alguns locais, o próprio dono cria animais, faz o abate e comercializa no local. A prática é proibida.

Apreensão, multa e interdição

Neste primeiro momento, a fiscal informou que as visitas tiveram apenas caráter informativo. Onde a Adapi encontrou produtos irregulares, os proprietários foram orientados a descartá-los. Reincidências acarretarão multas e até interdições.

Adapi explica que alimentos de origem animal precisam ser inspecionados.  — Foto: Reprodução/TV Clube

Adapi explica que alimentos de origem animal precisam ser inspecionados. — Foto: Reprodução/TV Clube

“Da próxima vez, os produtos serão condenados, que significa que o material será apreendido e destruído. Além de, sem exceção, haver multa e autuação, as duas coisas juntas. Em uma próxima reincidência, haverá interdição do estabelecimento”, destacou Lourena Paz.

Exigência do Ministério da Agricultura

Lourena explicou que a Adapi já fiscalizava indústrias e abatedouros. Fiscalizar comércios é uma das exigências do Ministério da Agricultura para que o estado possa expedir o selo do Sistema Brasileiro de Inspeção (SISBI), antes feito apenas pelo governo federal.

Com o selo estadual, os produtos que antes só eram comercializados em território piauiense, poderão ser vendidos para outros estados. Ao governo federal ficará apenas a responsabilidade de inspecionar produtos para exportação.

Fonte: G1 Piauí


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

8 municípios vão receber caravana que vai explorar o patrimônio do PIauí

A Expedição Serra das Águas Coloniais que acontece nos dias 24 e 25 de Maio, tem como objetivo de explorar o patrimônio cultural, natural e histórico do Piauí. A expedição

Paulistana

Carro dos Correios capota em curva na PI – 459 entre os municípios de Paulistana e Betânia do PI

Um acidente foi registrado na manhã desta sexta-feira, 24, de julho, por volta das 11h30, na PI-459, no trecho que interliga os municípios de Paulistana e Betânia do Piauí. Um

NOTÍCIA DESTAQUE

Picos promove o 24º Grito dos Excluídos

Na noite de ontem (30) ocorreu na Câmara Municipal de Picos, Plenário Pedro Barbosa, a Sessão solene do 24º Grito dos Excluídos, promovido pelas Pastorais da Diocese de Picos com