Diocese de Picos orienta para cuidados durante missas e a não realização de procissões
Publicado por: Danilo Bezerra | Data: 17/03/20

Diocese de Picos orienta para cuidados durante missas e a não realização de procissões

O bispo da Diocese de Picos, Dom Plínio José Luz da Silva, divulgou nesta terça-feira, 17, uma Nota Oficial onde orienta o clero e toda a comunidade católica para a adoção de práticas de prevenção e combate ao COVID-19, conhecido como coronavírus, durante as missas.

“Diante da real situação de pandemia em que se encontra o mundo por conta da disseminação do COVID-19 (Coronavirus), a Diocese de Picos, em sua missão de cuidar do rebanho do Senhor, através de seus pastores, apresenta nesta nota oficial algumas orientações a serem seguidas em todo o seu território”, diz o documento.

O bispo orienta que os fiéis evitem abraços, apertos de mãos e diálogo muito próximo entre as pessoas nas celebrações, que os padres e ministros da eucaristia distribuam a eucaristia apenas nas mãos dos fiéis.

Orienta, ainda, para a não realização de atividades que envolvam grande número de pessoas, tais como, assembleias, encontros de pastorais, acolhida às portas das igrejas, bem como a celebração de vias-sacras e procissões.

Na Nota, o líder religioso sugere aos padres que promovam reunião com as autoridades dos municípios em que desempenham seu ministério sacerdotal, no intuito de discutir medidas mais  eficazes para a prevenção do vírus.

Veja todas as orientações:

  1. Evitar nas celebrações da Eucaristia e da Palavra de Deus os abraços, apertos de mãos e diálogo muito próximo entre as pessoas;
  2. Distribuir a Eucaristia apenas nas mãos dos fiéis;
  3. Aumentar, o quanto possível, o número de Missa nos finais de semana, para que diminua a aglomeração de pessoas em ambientes fechados;
  4. Interromper todas as atividades que envolvam grande número de pessoas, tais como: assembleias, encontros de pastorais, acolhida às portas das igrejas, bem como a celebração de Vias-sacras e procissões;
  5. Realizar visitas aos enfermos em vista da distribuição dos sacramentos, observando as precauções sugeridas pelo Ministério da Saúde e das secretarias de saúde estadual e municipais;
  6. Cultivar o hábito da oração em família, através dos encontros quaresmais, novenas, ofícios e terços;
  7. Observar as orientações do Ministério da Saúde e das secretarias de saúde estadual e municipais acerca das medidas preventivas;
  8. Sugere-se aos padres que promovam reunião com as autoridades dos municípios em que desempenham seu ministério sacerdotal, no intuito de discutir medidas mais eficazes para a prevenção do vírus.

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

Picos

SAÚDE MENTAL | Hospital de Picos realiza atividade alusiva ao Janeiro Branco

O hospital Regional Justino Luz de Picos, durante o mês de Janeiro lança a campanha Janeiro Branco- Juntos pela saúde Mental.  Sempre investindo na melhoria da saúde da população o

NOTÍCIA DESTAQUE

Governo Federal reconhece estado de emergência em 152 cidades do Piauí; veja quais!

  O Diário Oficial da União desta terça-feira (21) publicou a portaria que reconhece a situação de emergência por conta da estiagem decretada pelo Governo do Piauí em 152 municípios.

GERAL

PICOS | COJUV reúne professores do Cursinho Municipal para planejar ações

A Prefeitura de Picos, por meio da Coordenadoria da Juventude, realizou na tarde desta segunda-feira, 11, reunião com professores para planejamento de ações e horários referentes ao Cursinho Professor José