Em nota, Seduc afirma que está colaborando com trabalho da PF e CGU
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 20/03/19

Em nota, Seduc afirma que está colaborando com trabalho da PF e CGU

A Secretaria de Educação do Piauí (SEDUC) divulgou nota informando que está colaborando coma Operação Boca Livre, deflagrada nesta quarta-feira (20/03) pela Polícia Federal e a Controladoria Geral da União.

“A SEDUC esclarece que desde 2003 o repasse da merenda escolar é feito de forma descentralizada, ou seja, os recursos são enviados diretamente às escolas para que estas façam a aquisição dos alimentos, de acordo com cardápios elaborados pelas nutricionistas desta secretaria. Porém, no ano de 2014, a gestão que estava à frente desta Seduc na época, optou por centralizar o repasse e realizar licitação para aquisição dos gêneros e posterior distribuição para as escolas”, diz a nota encaminhada há pouco à Redação.

Diz ainda a secretaria que no ano de 2015, a gestão atual optou por descentralizar novamente os repasses do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). “Garantindo que as unidades escolares voltassem a ter autonomia para a compra de merenda”, explica.

Na nota, a SEDUC diz ainda que está “à total disposição dos órgãos de controle para esclarecer quaisquer questionamentos”.

SOBRE A OPERAÇÃO
A ação da PF realizada hoje no Centro Administrativo é parte do trabalho de investigação de um esquema de fraude em processo licitatório realizado pela SEDUC e a decorrente contratação, com sobrepreço, para aquisição de merenda escolar e distribuição em escolas da rede estadual de ensino.

“As investigações revelaram que um grupo de empresas atuou conjuntamente cm agentes públicos na fraude à licitação realizada pela SEDUC/PI em 2014. A fraude possibilitou o direcionamento do objeto às empresas e a contratação dos gêneros alimentícios com sobrepreço”, diz a PF em nota.

O fato é ferente a 2014, quando se identificou um prejuízo efetivo de R$ 1.751.740,61 aos cofres públicos.

Foram expedidos 12 mandados de busca e apreensão. O trabalho teve a participação de 68 policiais federais e 10 servidores da CGU. Enquanto estiveram na SEDUC, os agentes revistaram salas e coletaram documentos, em especial no Setor de Licitações da secretaria.

 

 

 

 

Fonte: 180 Graus


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

46 são presos em flagrante em operação contra pornografia infantil

Policiais civis de todo o país realizam nesta quinta-feira (22) a terceira fase da operação “Luz na infância”, que apura crimes relacionados a pornografia infantil. A ação é coordenada pelo

NOTÍCIA DESTAQUE

Prefeito de Acauã se envolve em acidente com caminhão conduzido por marido da vice-prefeita; prefeito diz que foi de propósito

 Por volta de 16h30min desta sexta- feira dia 07 de Agosto de 2015, aconteceu um acidente envolvendo uma caminhonete D20 cabine dupla de cor vermelha pertencente e conduzido pelo prefeito

NOTÍCIA DESTAQUE

Jovem morre após sofrer infarto e perícia suspeita de anabolizantes

Na noite de terça-feira (04/09), um jovem identificado como Francisco Henrique de Sousa Alves, de 26 anos, foi encontrado morto dentro de sua residência no bairro Parque Ideal, na região do grande Dirceu, zona Sudeste de Teresina.