Estudantes fecham ruas de Teresina em protesto contra o aumento da passagem de ônibus
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 18/01/19

Estudantes fecham ruas de Teresina em protesto contra o aumento da passagem de ônibus

Cerca de 50 estudantes realizaram um protesto contra o aumento da passagem de ônibus de Teresina. O ato começou por volta das 17h desta quinta-feira (17), na Praça do Fripisa, ruas do Centro foram interditadas e o tráfego desviado pelos agentes de trânsito. A manifestação encerrou por volta das 18h30.

Os manifestantes percorreram também a Avenida Frei Serafim, principal da cidade, e chegaram a interditar o sentido Centro-Leste e em seguida o contrário. A manifestação foi acompanhada pelos agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Polícia Militar e Tropa de Choque.

Segundo o diretor do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Lucas Martins, o objetivo da manifestação foi reivindicar o aumento da passagem para R$ 3,85 a inteira e R$ 1,28 a meia tarifa, além da qualidade do transporte público e o serviço prestado.

“A prefeitura, junto com o Conselho Municipal do Transporte Coletivo, alegou que o aumento era devido a falta de repasse por causa da diminuição de usuários. No entanto, de acordo com a prestação de contas, foi retirado mais de R$ 2,5 milhões mensalmente de lucro do transporte. Não tem condições de um aumento abusivo com o discurso de que não há lucro, até porque os problemas continuam, como a falta de segurança, ônibus lotados, demora”, disse.

O coronel Jaime Oliveira, diretor de operações e fiscalização da Strans, informou que a estratégia adotada foi de monitoramento do movimento. Durante o ato, os agentes bloquearam as ruas anteriores e posteriores ao protesto para fluidez do trânsito. “Os ônibus estão circulando normalmente e não temos registros de confrontos”, informou.

A Prefeitura de Teresina alegou que o reajuste anual no preço da passagem é previsto em edital.

Reajuste

O prefeito Firmino Filho (PSDB) sancionou o reajuste da tarifa no dia 8 de janeiro e passou a valer a partir do dia 10 de janeiro deste ano. Os valores anteriores eram de R$ 3,60 e R$ 1,15.

O Ministério Público do Piauí requereu à Justiça a suspensão imediata do decreto de reajuste da passagem dos ônibus de Teresina. A 44º Promotoria de Justiça requer, em caráter liminar, que a tarifa de transporte público de Teresina retorne para o valor anterior.

A proposta apresentada inicialmente pela Strans e aprovada pelo Conselho Municipal do Transporte Coletivo era que a tarifa fosse de R$ 4,71. A discussão gerou intenso debate entre representantes dos estudantes.

Fonte: G1

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Prefeitura de Picos assina convênio para recuperação de estradas vicinais

O Prefeito de Picos, Padre Walmir, assinou convenio junto à Caixa Econômica Federal, que destina mais de  R$ 2 milhões e 347 mil (dois milhões, trezentos e quarenta e mil

NOTÍCIA DESTAQUE 0 Comments

Polícia cerca região dos cerrados em busca de suspeitos de assalto a banco

Policiais do Rone, Bope e do Grupamento Tático Aeropolicial da Policia Militar do Piauí (Gtap) cercam a região dos cerrados em busca dos criminosos que invadiram a agência do Banco

Pio IX

Bloco Terceira Idade na Folia leva foliões para as ruas de Pio IX

Animação e muita alegria marcaram a passagem do bloco “Terceira Idade na Folia” pelas ruas de Pio IX, nesse sábado (2). A ação, desenvolvida pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria