Governos locais poderão pegar até R$ 24,5 bilhões emprestados em 2019
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 20/12/18

Governos locais poderão pegar até R$ 24,5 bilhões emprestados em 2019

Os estados, municípios e o Distrito Federal poderão pegar até R$ 24,5 bilhões emprestados no sistema financeiro nacional em 2019. Na última reunião do ano, o Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu o volume global para contratações de operações de crédito internas pelos governos locais.
O novo limite representa R$ 500 milhões a mais que o deste ano. Dos R$ 24,5 bilhões, os governos estaduais e prefeituras poderão pegar até R$ 13,5 bilhões em empréstimos com garantia da União – em que o Tesouro Nacional cobre eventuais calotes – e R$ 11 bilhões em empréstimos sem garantia.

Os limites são definidos levando-se em conta a capacidade de os governos locais contraírem empréstimos sem correr o risco de descumprir as metas de superávit primário – economia para pagar os juros da dívida pública. Para 2019, a Lei de Diretrizes Orçamentárias estabelece superávit de R$ 10,5 bilhões para prefeituras e governos estaduais.

Em 2018, os sublimites foram remanejados. Originalmente, os estados e os municípios podiam pegar até R$ 17 bilhões em operações com garantia e em R$ 7 bilhões em financiamentos sem garantia. Em outubro, os valores foram alterados para R$ 13 bilhões e R$ 11 bilhões, respectivamente. Isso porque a demanda por operações com garantia da União foi mais baixa que o previsto ao longo do ano.

Fonte: Agência Brasil

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Concursos com inscrições abertas ofertam 39 mil vagas; veja os editais

Pelo menos 128 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (13) e reúnem 39.165 vagas para cargos em todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a

NOTÍCIA DESTAQUE

El Niño fraco deve favorecer chuvas no Piauí a partir de dezembro

Apesar do tempo nublado e das chuvas que estão caindo em Teresina nos últimos dias, o período chuvoso ainda não começou efetivamente. Werton Costa, climatologista, explica que a transição entre

Vila Nova do Piauí

Sandra Leal é eleita presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Vila Nova do Piauí

Em eleição realizada na última quarta-feira, 21, o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Vila Nova do Piauí, escolheu seus novos membros que irão comandar o órgão pelos próximos