JAICÓS | Ações da Assistência Social e do CRAS garantem a promoção da cidadania
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 27/06/17

JAICÓS | Ações da Assistência Social e do CRAS garantem a promoção da cidadania

O cuidado e zelo com as pessoas é prática permanente da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Centro de Referência da Assistência Social- CRAS. A pasta atua sempre com a preocupação de promover a cidadania e direitos sociais aos  mais carentes no município de Jaicós.

Segundo a coordenadora do CRAS, Maria Anunciação Freitas Crisanto a pasta tem sempre caminhado junto com Secretaria de Assistência Social, por meio da Secretária Audeli Coutinho, no desenvolvimento de projetos e ações que visam atender às necessidades básicas sociais da população.

Neste sentido, são várias as iniciativas, voltadas a atender os cidadãos com políticas públicas que garantam a conquista e manutenção de direitos, de maneira que tenham também assegurada a dignidade.

Na atual gestão, além de gerir programas e convênios com órgãos governamentais, a pasta desenvolve atividades variadas.

Coordenadora do Cras, entregado passe livre

Dentre elas, a  entrega de passe livre para pessoas portadoras de deficiência, entrega e renovação de carteirinhas de idosos para pessoas com mais de 60 anos, ações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos,  tanto com crianças de  03 a 06, 07 a 14 anos, quanto adolescentes de 14 a 17, e idosos acima de 60 anos desenvolvendo  atividades de lazer,  dança, artesanato, prática esportiva e cultura estimulando a convivência em sociedade. Além da entrega de alimentos da agricultura familiar, trabalhando ainda campanhas de conscientização como, por exemplo, o 18 de Maio dia de combate ao abuso e exploração sexual e 12 de junho combate ao trabalho infantil.

Além da Coordenadora Maria da Anunciação Freitas Crisanto, atua no CRAS, o psicólogo Álvaro Rodrigues Carvalho, a assistente social Olisabel Macedo Silveira e oito  orientadores sociais, sendo que cinco atua na sede e três na  zona rural de Jaicós. Aproximadamente 330 pessoas entre crianças, adolescentes e idosos estão inseridos no serviço de convivência.

Crianças e as famílias são acompanhadas pelo psicólogo Álvaro Rodrigues. Onde é trabalhado as demandas como por exemplo, mães com dificuldades de relacionamento familiar com a criança, dificuldades de lidar com extrema pobreza, buscando atividades que deem foco na construção social e Educacional.

Segundo Álvaro o objetivo das ações da política adotada pelo CRAS é de promover de fato a cidadania. “O foco é promover um cidadão mais consciente de seus direitos,   ter um melhor convívio social, e que as pessoas se distanciam o máximo possível de malefícios vindos das dificuldades financeiras, da  falta de acesso a serviços, então o principio é esse transformar uma comunidade para que seja mais consciente socialmente e  imponderada de seus direitos e seus deveres, essas crianças entram aqui vindas de famílias fragilizadas socialmente e a gente busca  conscientizá-las  de diversas formas, aprendendo normas morais, conceitos de boas relações sociais, construindo cidadãos conscientes de seu espaço social”, afirmou Álvaro.

Veja fotos

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES

Moradores reclamam de acidentes e pedem instalação de redutores de velocidade na BR 407 em Jaicós

Há anos, moradores do município de Jaicós, que residem nos bairros João Melé e Nossa Senhora das Mercês, localizados às margens da BR 407, tem convivido diariamente com o perigo

NOTÍCIA DESTAQUE

Prefeito Edilson Brito vai à Brasília em busca de recursos para Vila Nova do Piauí

O prefeito Edilson Edmundo de Brito, cumpriu durante a semana passada uma extensa agenda administrativa na capital federal Brasília, onde participou de três audiências com parlamentares em busca de recursos

Jaicós

UAB realiza I Seminário de História em Jaicós e discute formação de professores e didática na docência

O tema “Formação de professores e didática na docência” foi discuto por docentes e discentes durante a realização do I Seminário de História da Universidade Aberta do Brasil (UAB), polo