JULHO AMARELO | CTA de Picos realiza evento de prevenção às hepatites B e C
Publicado por: Jaqueline Figueredo | Data: 25/07/19

JULHO AMARELO | CTA de Picos realiza evento de prevenção às hepatites B e C

O Centro de Testagem e Acolhimento de Picos – CTA – realizou na manhã desta quinta-feira (25), na Praça Felix Pacheco, um evento em alusão ao “Julho Amarelo”, mês em que é trabalhado o aconselhamento e testes rápidos para as hepatites B e C.

De acordo com a coordenadora do CTA, Isabel Fontes, a campanha veio com o intuito de prevenir as hepatites B e C, além de manter o controle de número das mesmas, facilitando assim o resultado com testes rápidos.

Isabel Fontes, coordenadora do CTA de Picos

“Essa campanha do ‘Julho amarelo’ é para intensificar a prevenção e controle das hepatites virais. Estamos desenvolvendo entregas de kits com preservativos, entregas de panfletos com orientações sobre essas doenças e ainda dois testes rápidos, que são para hepatite B e C, com no máximo oito minutos para que o resultado saia, e o paciente já sai com esse resultado em mãos”, disse ela.

Isabel Fontes explicou ainda a importância de se realizar o exame, em especial as pessoas que realizaram transfusão antes de 1993. Ela relata ainda alguns dos sintomas que a doença pode apresentar, mesmo sendo, em sua maioria, assintomática, pois quando apresenta algo, o nível pode estar crítico.

“A hepatite é uma inflamação do fígado. É também uma doença silenciosa, ou seja, na maioria dos casos não apresenta sintomas. E quando esses sintomas surgem, são o cansaço, fadiga, dores abdominais, febre, urina escura, fezes claras, e pele e olhos amarelados. Como é uma doença silenciosa, é preciso que as pessoas estejam constantemente fazendo a testagem para detectar. E se você não faz esse diagnóstico, ela pode evoluir e virar uma doença crônica, que não possuirá tratamento para cura, e pode desenvolver câncer e levar ao óbito. Por isso é importante essa campanha, para que as pessoas possam fazer a testagem aqui e, também, fora da campanha, no dia a dia. As pessoas que fizeram transfusão sanguínea antes de 1993 devem estar atentas a isso também, pois, naquela época, não havia triagem de exames, ou seja, as pessoas iam doar sangue e este não passagem por exames. Sabemos que as pessoas têm medo de ter um diagnóstico, mas temos sempre falado sobre isso, pois é com o diagnóstico que vamos ter a certeza da necessidade de um tratamento ou não. Mesmo com aquele preconceito e medo, estamos tendo muita aceitação por parte da população que tem nos procurado para realizarem seus exames. Muitas delas estão achando até melhor porque o teste é rápido”, explicou.

A coordenadora destacou também que houve um aumento grande dos casos neste primeiro semestre de 2019 em relação a todo o ano de 2018.

 “Houve um aumento de casos neste ano em relação ao ano passado. Somente de Hepatite B foram notificados seis casos, e da C foram dois casos. No ano passado, durante o ano inteiro, foram 4 casos de Hepatite B e três de Hepatite C. Então já pudemos comprovar esse aumento, mas devemos estar cientes de que isso se deve à ampla divulgação que temos feito de nossos serviços e da necessidade que as pessoas têm de se cuidar”.

Para a hepatite B, uma das maneiras mais eficazes de prevenção é a imunização. São três doses da vacina, que devem ser tomadas em qualquer faixa etária, iniciando na infantil. É preciso também o cuidado na preservação durante os atos sexuais, ao emprestar objetos pessoais – como copos, pratos, talheres –, em transfusão de sangue e até na inserção de piercings e tatuagens, que devem ser feitos com material esterilizado.

Francisco Antônio do Nascimento Sousa, 22 anos, auxiliar no Matadouro, participou do evento ao ouvir sobre a doença e na realização dos testes rápidos. Ele disse que é preciso estar sempre cuidando da saúde.

“Faz bem você estar frequentemente realizando esses exames para saber se está tudo ok com a saúde. É assim que a gente sabe se, porventura, foi contagiado com algo. Até mesmo para não transmitir para outras pessoas. Saúde é um bem estar que deve ser valorizada, independente de idade ou sexo”, disse ele.

O CTA funciona de segunda a sexta-feira, das 07h00 às 13h00, com exames gratuitos para Doenças e Infecções Sexualmente Transmissíveis e com sigilo absoluto. Há também atendimento médico especializado para as pessoas que, porventura, apresentaram algum tipo de doença nos exames.

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Seduc lança edital de afastamento para pós-graduação; veja o edital

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) abriu processo de solicitação de afastamento das atividades laborais, pelos profissionais da educação básica integrantes do quadro efetivo da Rede Pública Estadual de

Padre Marcos 0 Comments

PADRE MARCOS | Evento vai oficializar apoio de dois vereadores à pré-candidatura de Valdinar

Um evento político partidário que acontecerá na noite desta segunda-feira, 13, na cidade de Padre Marcos, vai oficializar a aliança entre o ex-prefeito Raimundo Vieira e os vereadores Antônio Chiquinho

GERAL

Diabetes não tem idade: pode afetar crianças e adolescentes

Em 2025, o número de pessoas com diabetes em todo o mundo deve chegar a 350 milhões, segundo estimativa da Organização Mundial de Saúde (OMS). Silenciosa, a doença preocupa. Afinal,