Piauí cria mais de 1.300 empregos e tem o melhor resultado para o mês em 6 anos
Publicado por: | Data: 26/07/19

Piauí cria mais de 1.300 empregos e tem o melhor resultado para o mês em 6 anos

O Piauí criou 1.308 novas vagas de emprego em junho e esse foi o melhor resultado do ano no Estado. O saldo é resultado de 8.599 admissões contra 7.291 demissões. Esse também é o melhor resultado para o mês desde 2013, quando foram abertas 1.632 vagas.

Com o resultado de junho, o total de vagas acumuladas no ano de 2019 saiu do vermelho e agora soma 106 postos abertos. O saldo dos últimos 12 meses é de +2.121 empregos gerados no Piauí.

Junho é o terceiro mês consecutivo de saldo positivo na geração de emprego no Estado. Os dados foram divulgados na quinta-feira (25) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

3º do Nordeste

O Piauí teve o terceiro melhor resultado do Nordeste em junho, atrás apenas dos Estados da Bahia (+ 2.362 empregos) e do Maranhão (+2.001). O pior resultado da região foi em Alagoas, onde foram fechados 861 postos.

Por mais que o saldo de 106 empregos no acumulado do ano pareça pouco, ele também representa o terceiro melhor resultado do Nordeste, atrás apenas da Bahia (+ 29.406) e do Maranhão (+ 5.670). Todos os demais Estados tiveram saldo negativo, sendo que o mais expressivo foi registrado em Pernambuco (-23.676).

Geração de empregos no Piauí em 2019 (sem ajustes)
Janeiro: -1.905
Fevereiro: -400
Março: – 805
Abril: + 7
Maio: + 1.040
Junho: + 1.308

Setores que empregaram no Piauí

A indústria da transformação foi o setor que mais gerou emprego no Piauí em junho. Foram 1.460 admissões contra 959 demissões – um saldo de 501 postos.

Em segundo lugar vem a construção civil, com 487 empregos criados. Este é o setor que acumula a maior criação de empregos de 2019. O saldo do ano é de 1.698 postos criados somente na construção civil.

A agropecuária apresenta o terceiro melhor resultado no Estado, com saldo de 391 empregos e um acumulado de 492 postos no ano.

Outros setores que tiveram resultado positivo foram: serviços (+ 155) e extrativa mineral (+ 13).

Setores que demitiram no Piauí

O pior resultado do Estado em junho foi sentido no comércio. Foram 1.889 admissões contra 2.093 demissões, que resultaram em 204 postos fechados. No ano, o comércio já acumula 431 empregos fechados.

Também tiveram resultado negativo em junho os setores de serviços industriais de utilidade pública (-33) e a administração pública (-2).

No acumulado do ano, o pior resultado é no setor de serviços (-1.200), seguido pelos serviços industriais de utilidade pública (-676).

Dados nacionais

No Brasil foram gerados 48.436 empregos em junho. O saldo do ano soma 408.500 postos de trabalho criados. Em 12 meses, o saldo é de + 524.931.

Fonte: Cidade Verde

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

Simões

Secretaria de Educação de Simões abre matrículas da rede municipal de ensino

A Secretaria Municipal de Educação de Simões, que tem como gestora Íris Elaine,  abriu nesta terça-feira, 02, as matrículas da rede municipal de ensino para o ano letivo de 2018.

NOTÍCIA DESTAQUE

Após pedido do padre Walmir, Ciro e Elmano almoçam com Bolsonaro; presidente quer vir a Picos inaugurar obra

O presidente Jair Bolsonaro, pretende vir ao município de Picos, para inaugurar a obra de asfaltamento das laterais da BR-316. A informação surgiu após um almoço realizado entre o presidente

NOTÍCIA DESTAQUE

Morre segunda vítima de acidente que matou empresário na BR 135

Um jovem identificado como Ronivaldo Batista Lima, morreu na tarde deste domingo (03), no Hospital Tibério Nunes, em Floriano. Ele é a segunda vítima do acidente que matou na última