PICOS | Professores e ex-alunos do IFPI criam plataforma para ajudar população no isolamento
Publicado por: Jaqueline Figueredo | Data: 07/05/20

PICOS | Professores e ex-alunos do IFPI criam plataforma para ajudar população no isolamento

Docentes e ex-alunos do Instituto Federal do Piauí, Campus de Picos, pertencentes ao grupo de pesquisa Boiles – Base Observacional Interdisciplinar Laboratorial para Extensão, Pesquisa e Sociologia – criaram uma plataforma para ajudar as pessoas a vivenciarem o isolamento social de forma correta, seguindo alguns protocolos, e cooperando com o equilíbrio emocional das mesmas.

De acordo com o Prof. Dr. Heleonardo Dantas de Melo, docente efetivo do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Piauí, e coordenador do projeto, o site estava em construção para divulgação dos trabalhos de pesquisa do grupo, mas com a pandemia, surgiu a necessidade de algo voltado para a temática.

“A ideia do site partiu de um grupo de pesquisa que temos no instituto chamado Boiles. Já tínhamos a ideia da produção desse site para divulgar os trabalhos realizados por esse grupo de pesquisa, porém, com a urgência da pandemia, aceleramos um pouco a produção do material e voltamos o grupo de estudos apenas para o trabalho voltado ao combate da pandemia. Nossa intenção é dedicar todas as nossas forças, atenção e instrumentos a produzir ações que tentem diminuir os impactos negativos dessa pandemia”, disse o professor.

Ele mencionou que é preciso que a docência não seja apenas de sala de aula, aplicando conteúdo, mas que seja utilizada como instrumento para as temáticas da vida.

“Acreditamos que muito além de profissionais conteudistas, devemos entender que a educação, nesse momento, é uma ferramenta importantíssima para proteger a vida de nossos profissionais, dos alunos, seus pais e da comunidade em geral, falando de Picos e de todo o território do Vale do Guaribas. Essa é a ideia que está orientando a produção e divulgação desse site”, pontuou.

O professor falou sobre algumas ferramentas que estão disponíveis na plataforma, como aba para apoio emocional, onde as pessoas podem encontrar vídeos e links para ajudarem-nas com a ansiedade e preocupações por conta do isolamento social.

“Sabemos que um dos impactos produzidos pela pandemia e pelo isolamento social – que é necessário nesse momento – é o sofrimento emocional que muita gente está passando. Produzimos essa aba com vídeos que contêm orientações de como tentar buscar o maior equilíbrio nesse momento. Temos vídeos e links mostrando onde você pode buscar apoio emocional de maneira gratuita nesse momento”, informou.

Outra aba de grande utilidade é a de protocolos para compra em delivery. Segundo o professor Heleonardo, é preciso que comerciantes, entregadores e clientes entendam sobre as formas de se contrair um vírus e como os mesmos podem evitar isso. Para tanto, ele disse que foram desenvolvidos três eixos de vendas: dinheiro, cartão de crédito e transferência bancária.

“Disponibilizamos protocolos para compras através da modalidade delivery, que é aquela em que o cliente passa os pedidos para o estabelecimento comercial através do celular e o comércio manda a compra para a casa do cliente. A criação desses protocolos visa diminuir significativamente a possibilidade de contágio entre cliente, mercadoria e entregador. Por isso desenvolvemos três eixos de pagamento: dinheiro, transferência bancaria e cartão de crédito. Insistimos na transferência bancária pra que se evite o contato com maquineta ou o manuseio do dinheiro entre as partes”, alertou.

Heleonardo Dantas disse ainda que o grupo está disponibilizando, de maneira atualizada, dados sobre casos confirmados e óbitos no Brasil, Rio Grande do Norte, Piauí e Picos, com mapas, gráficos e tabelas.

“Uma das primeiras coisas que podem ser localizadas no site são as informações de estatísticas. Fizemos essas abas específicas porque estamos tentando fazer algumas análises matemáticas e comparativas para que a gente possa ter alguma ideia, por exemplo, do número de subnotificação”, destacou.

O grupo de pesquisa é formado, como citado anteriormente, por professores do IFPI do Campus de Picos e alunos egressos. São eles:

  • Wilton do Amaral Alves, estudante de engenharia elétrica em Campina Grande-PB;
  • Antônio Edenilton Leite da Silva, cursando mestrado em Física em Campina Grande-PB;
  • Maria Eduarda Mauriz Rodrigues, estudante de medicina na Universidade de Parnaíba;
  • David Ariel de Sousa Torres Araújo, estudante de direito na R.Sá.

Professores:

  • Shara Lylian, doutoranda em Campinas-SP;
  • Rubens de Carvalho Almondes, professor de matemática;
  • Rui Marques de Carvalho, doutorando em Campinas-SP;
  • Vicente Medeiros Carvalho;
  • Emerson Alves da Silva, que é do Rio Grande do Norte e é responsável pela animação gráfica do site.

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Santana do Piauí

SANTANA│Gestão da prefeita Maria José promove manhã de lazer em homenagem ao Dia do Pais

Na manhã desta sexta-feira (30), a Prefeitura de Santana do Piauí, em parceria com todas as outras secretarias do município realizaram uma comemoração em alusão ao Dia dos Pais para

NOTÍCIA DESTAQUE 0 Comments

Mulher é encontrada morta na BR 316 na entrada de Valença

A Polícia Civil ainda não sabe as causas da morte da vítima identificada por Samara Maria Gomes, que foi encontrada no KM 210 da BR 316, em Valença do Piauí,

Picos

Pe. Walmir Lima diz que portas estão abertas para quem quiser retornar ao grupo

O prefeito de Picos, Pe. Walmir Lima (PT), declarou que as portas estão abertas para quem desejar retornar ao grupo político que hoje administra a cidade. A declaração do gestor