Professora do Rio Grande do Sul reencontra filho desaparecido em Teresina
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 06/07/18

Professora do Rio Grande do Sul reencontra filho desaparecido em Teresina

Patrick Parente de Avila, de 39 anos, um homem natural do Rio Grande do Sul que estava desaparecido da família, reencontrou a mãe nesta quarta-feira (4) em Teresina. De acordo com a mãe, a professora Reginalda Parente, o filho, que é eletrotécnico, estava vivendo na rua. O caso foi acompanhado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que auxiliou nas buscas.

Reginalda contou que Patrick soube que a ela estava em Teresina através da campanha que ela vinha fazendo, distribuindo fotos do filho pelas ruas da capital. “Passamos quatro dias andando pelas ruas procurando ele”, conta Reginalda. Na noite de quarta-feira, Patrick ligou para a mãe de um telefone público, e foi encontrá-la.

“Ele disse que só o que motivou ele a ir [ao encontro dela] foi eu ter vindo aqui. Que nunca imaginou que eu viesse até aqui”, contou Reginalda. Depois que veio ao Piauí, há cerca de dois anos, Patrick Parente de Ávila se envolveu com drogas e passou a viver na rua, perdendo o contato com familiares.

Professora viajou mais de 3 mil km em busca de filho desaparecido no Piauí (Foto: Lucas Marreiros/G1)

Professora viajou mais de 3 mil km em busca de filho desaparecido no Piauí (Foto: Lucas Marreiros/G1)

A professora viajou mais de três mil km que separam Teresina da cidade de Pinheiro Machado, no Rio Grande do Sul, quando recebeu fotos do filho ferido. Apesar do reencontro, Reginalda disse que ainda não está aliviada. “Só vou ficar tranquila quando estiver em casa com ele. E vou ver se ele encara um tratamento”, disse.

De acordo com o delegado Francisco Costa, o Barêta, coordenador do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa, Patrick Parente veio ao Piauí após casar com uma mulher piauiense. “Ele então se envolveu com as drogas e a mulher não aceitou, deixou ele e foi morar em outro estado”, contou o delegado.

Sozinho em Teresina, Patrick acabou indo viver nas ruas, principalmente na região do bairro Renascença e perdeu todos os seus documentos, o que lhe impedia de viajar.

Depois que foi localizado, o eletrotécnico conseguiu providenciar a segunda via dos documentos e deve voltar para o Rio Grande do Sul acompanhado da mãe em breve. “Quero ir o mais rápido possível, talvez ainda hoje a noite a gente vai”, disse Reginalda.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa disponibiliza o número 181 para denúncias anônimas.

Fonte: G1 | Foto: Polícia

sobre o autor

Josely Carvalho
Josely Carvalho 11532 posts

Jornalista e Relações Públicas, formada pela Universidade Estadual do Piauí.

POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Cartões de inscrição do Enem serão liberados na próxima segunda

A partir da próxima segunda-feira (22), os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano poderão acessar o cartão de inscrição na página do Instituto Nacional de Estudos

NOTÍCIA DESTAQUE

Mão Santa manda ofício a Temer pedindo intervenção: “No Piauí, esculhambação é pior”

Poucos dias após o presidente Michel Temer (MDB) decretar intervenção federal nos estados do Rio de Janeiro e Ceará, o ex-governador e atual prefeito de Parnaíba, Mão Santa (SD), enviou

NOTÍCIA DESTAQUE

No Piauí, homem é condenado a 5 anos de prisão por matar o irmão

O juiz de direito Kildary Louchard de Oliveira Costa, da Vara Única da Comarca de Pedro II, condenou Antônio Cassiano Araújo Silva a 5 anos e 4 meses de reclusão