Segurança discute estratégias para combate ao crime organizado no Piauí
Publicado por: | Data: 13/01/21

Segurança discute estratégias para combate ao crime organizado no Piauí

O Secretário de Justiça, Carlos Edilson, participou, na terça-feira (12), de reunião do GCI – Gabinete de Gestão Integrada – com instituições que atuam na segurança no Estado. A reunião teve como objetivo analisar os índices de criminalidade no Piauí e discutir estratégias para combatê-los.

De acordo com o secretário Carlos Edilson, a Sejus tem papel fundamental para a garantia da segurança do Piauí. A Secretaria tem realizado o monitoramento de membros de facções criminosas no sistema penitenciário.

“O nosso trabalho é impedir que as pessoas que estão sob nossa custódia tenham comunicação externa com o crime organizado. Nós estamos monitorando, dentro do sistema prisional, as pessoas que têm algum vínculo com facções. Elas estão sendo acompanhadas diariamente e nós estamos adotando protocolos especiais para manter a ordem e a disciplina nas penitenciárias e, também, garantir a segurança do nosso Estado”, afirmou.

Durante a reunião, o secretário de Justiça, juntamente com o diretor de inteligência da Sejus, Charles Pessoa, apresentou o resultado da Operação Fim de Ano, realizada nas penitenciárias do Piauí.

“Tivemos um resultado bastante positivo. Isso se deu pela implementação de novos protocolos de segurança. Seguiremos monitorando e reforçando, cada vez mais, esses protocolos de disciplina nas unidades penais”, finalizou o secretário Carlos Edilson.

Fonte: Meio Norte

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Prefeituras estão ameaçadas de devolver verba do transporte escolar

A situação do transporte escolar em Monsenhor Gil, município localizado a 56 quilômetros de Teresina, continua precária. É que um ônibus “sucata” seguiu transportando os estudantes mesmo após a Polícia

NOTÍCIA DESTAQUE

Três pessoas morrem em colisão frontal em trecho da BR-135 no Sul do Piauí

Três pessoas ainda não identificadas morreram, nessa sexta-feira (12) vítimas de acidente de trânsito no Km 467 da BR 135 km 467, próximo ao município de Monte Alegre do Piauí, Sul

NOTÍCIA DESTAQUE

Mães recorrem ao Ministério Público do PI para garantir educação inclusiva a filhos autistas

“Não temos vagas”. “Ele não vai se adaptar”. “É melhor um colégio especial”. São estas as frases mais ouvidas por famílias de crianças diagnosticadas como Transtorno de Espectro Autista (TEA)