Sistema de Alerta confirma elevação do nível de rios no Piauí
Publicado por: Danilo Bezerra | Data: 21/03/20

Sistema de Alerta confirma elevação do nível de rios no Piauí

O Sistema de Alerta da Bacia do Rio Parnaíba emitiu, na manhã desta sexta-feira (20), um boletim informando que alguns rios no Piauí estão com processo de elevação dos níveis de água, com a previsão de alcance da cota de inundação. A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros do Piauí já estão empenhados para atender famílias que possam vir ser afetadas.

“A missão do Corpo de Bombeiros, nesta situação, é trabalhar com busca e salvamento, pegar pessoas em áreas de risco e entregá-las com segurança à assistência social e a Defesa Civil. Nossa questão principal é colocar todas essas famílias fora da zona de risco. Temos equipes presentes em Luzilândia, Parnaíba, Batalha e Piripiri”, explicou o comandante do Corpo de bombeiros, Carlos Frederico.

O comandante disse ainda que a região centro-norte está estrategicamente posicionada com equipes de Corpo de Bombeiros. “Quando for necessário, nós vamos fazer o deslocamento de equipes que estão em prontidão. Quero ressaltar que também estamos atentos à saúde dos nossos bombeiros”, completou.

De acordo com o secretário de Estado da Defesa Civil, Geraldo Magela, ações preventivas estão sendo discutidas desde janeiro quando houve os primeiros alertas. “Estamos prontos para atender junto com o Corpo de Bombeiros, toda população que possa vir ser afetada com o aumento da elevação dos rios. Nossas ações já estão sendo alinhadas, principalmente preocupados com a não aglomeração de pessoas por causa da contaminação do Covid-19”, explicou.

O gestor acrescenta que alguns kits de ajuda humanitária já estão sendo entregues nos municípios de Batalha, Barras, Esperantina e Piripiri. Os kits possuem cestas básicas, produtos de higiene pessoal e produtos de higiene doméstica.

Teresina

O boletim do Sistema de Alerta informa que o rio Poti, em Teresina, continua em processo de elevação do nível de suas águas devido às fortes precipitações ocorridas nas últimas 24 horas. A última medição foi realizada ao meio dia desta sexta (20), apontando 10,29 metros.

“No momento, o rio Poti encontra-se acima da cota de inundação. O Parnaíba está em cota de alerta. Ressalto que a elevação do rio Parnaíba é decorrente da subida do Poti, não sendo esperado que o Parnaíba atinja a cota de inundação nas próximas horas tendo em vista a situação de controle ainda verificada na barragem de Boa Esperança”, afirmou o engenheiro hidrológico da CPRM, Roberto Fernandes.

Parnaíba

Quanto ao rio Parnaíba, nas cidades de Barão de Grajaú (MA) e Floriano (PI) o nível registrado até às 8h desta sexta foi de 4,94 m, com previsão de manutenção desse nível nas próximas 8 horas para valores próximo de 4,91 m, ficando os níveis em situação de normalidade para a estação.

Nas cidades de Teresina e Timon o nível atual do rio Parnaíba é de 6,09 metros, o que corresponde a 59 cm acima da cota de alerta (5,50 m), e nas próximas 8 horas há previsão de elevação do nível que deve oscilar em torno da cota 6,20 cm, mantendo se na cota de alerta para a estação.

Barras, Esperantina e Luzilândia

Em Barras, o rio Marataoan, continua a elevar seu nível em resposta às precipitações ocorridas nas últimas 24 horas. Segundo o boletim, o nível subiu 42 centímetros. Na estação localizada em Barras, foi registrada a cota de 4,86m às 07h45 desta sexta-feira com previsão de elevação para a cota em torno de 4,91 nas próximas 8h, portanto 71 cm acima da cota de inundação (4,20m).

Ainda de acordo com o documento, em relação ao rio Longá em Esperantina, a cota atual é de 7,67 m, acima da cota de inundação 27 cm, e devido às precipitações ocorridas na bacia nas últimas horas o nível apresenta tendência de elevação acentuada. A cota esperada até às 15h45h é 7,88 m, portanto devendo ficar com uma lâmina de inundação de 48 centímetros.

Quanto à Luzilândia, a cota atual do rio Parnaíba é de 5,74 m, 4 cm acima da cota de inundação definida, e em processo de elevação do nível, com cota prevista para às 20:30 h de hoje em torno de 5,88 m, podendo dessa forma atingir 18 cm acima da cota de inundação (5,70 m).

O Serviço Geológico do Brasil Geral (CPRM) continuará monitorando a situação hidrológica da bacia, mantendo os órgãos competentes devidamente informados. Os dados gerados podem ser acessados livremente em http://www.cprm.gov.br/sace/parnaiba.

Recomendações à população

Segundo o engenheiro hidrológico da CPRM, Roberto Fernandes, há uma previsão de que as chuvas continuem acima do normal. “Como ainda estamos no mês de março, as grandes cheias normalmente ocorrem no mês de abril, especialmente na região mais ao norte, que abrange a bacia do Poti. É recomendável que as famílias deixem as áreas de risco pois há a possibilidade real de ocorrerem situações mais extremas até o final do período chuvoso. Por isso, é importante seguir a orientação da Defesa Civil, bem como buscar voluntariamente abrigo em áreas seguras.

A orientação da Defesa Civil é de que as famílias que se encontram em áreas ribeirinhas e que historicamente tem risco de enchentes, devam sair de casa e procurar locais seguros.

Em caso de urgência, o piauiense pode recorrer aos telefones 193 e 199.

CCom

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Em 2019, 133 pessoas foram detidas no PI por conduzirem veículo sob influência de álcool

A Polícia Rodoviária do Piauí prendeu, na última quinta-feira (18), um homem de 47 anos por conduzir um veículo automotor sob influência de álcool. Somente em 2019, 133 pessoas já

Jaicós 0 Comments

Igreja O Brasil para Cristo comemora 40 anos em Jaicós

Fundada no dia 5 de abril de 1976, pelo pastor Rafael João da Silva, a Igreja Evangélica O Brasil Para Cristo completou 40 anos no município de Jaicós. Para comemorar

NOTÍCIA DESTAQUE

Concursos com inscrições abertas reúnem 17 mil vagas; veja a lista

  Pelo menos 88 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (2) e reúnem 17.193 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam