Tornozeleira eletrônica de prefeito preso em operação no PI disparou à noite
Publicado por: José Antônio Ferreira Costa | Data: 22/01/20

Tornozeleira eletrônica de prefeito preso em operação no PI disparou à noite

O equipamento de monitoramento eletrônico do prefeito de Bertolínia Luciano Fonseca, do PT, disparou entre as 22 horas e 23 horas da noite. Preso pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) no âmbito da Operação Bacuri, o gestor afastado de suas funções cumpre uma série de medidas cautelares impostas pelo desembargador do Tribunal de Justiça Edvaldo Moura, após o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli mandar soltar o acusado.

Rapidamente, o prefeito já fez ingressar uma petição informando o ocorrido ao magistrado no Piauí. Diz ele que teme perder novamente a liberdade por conta desse suposto “erro no sistema”.

“(…) o acusado experimentou recentemente o infortúnio de estar em sua residência no período da noite, mais precisamente entre as 22 e 23h, e o equipamento de monitoração eletrônica emitir sinal vibratório alertando que o monitorando estaria fora da área de abrangência permitida pelo sistema”, explica a defesa.

“Uma provável causa, que aventamos a título de debate, é que o ora requerente reside em apartamento no 5º andar (Condomínio Via Veneto) e, assim, por esta razão pode ter emitido o referido sinal vibratório”, continua.

“CONSTRANGIMENTO E PREOCUPAÇÃO”

Ainda segundo as explicações, “a situação gera constrangimento e preocupação ao ora requerente, pois mesmo estando dentro de casa, cumprindo à risca as determinações impostas por este juízo, teme perder a benesse (liberdade) por erro do sistema”.

Em sendo assim, quer que o setor de monitoração eletrônica da Secretaria de Justiça forneça ao juízo responsável um relatório do sistema para verificação e readequação do raio de circulação definido no equipamento instalado.

Entre as diversas medidas cautelares impostas ao gestor afastado, o desembargador Edvaldo Moura determinou também o recolhimento domiciliar entre as 22 e 06 horas, quando o prefeito deverá permanecer em sua residência em Teresina.

Luciano Fonseca estava preso no 12º Distrito Policial da capital, situado na Zona Leste.

Fonte: 180 Graus

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

São Julião

Prefeito divulga atrações do torneio de Sábado de Aleluia do povoado Mandacaru em São Julião

Promovendo o esporte e o entretenimento, por mais um ano, o tradicional Torneio de Sábado de Aleluia, que acontece no povoado Mandacaru, na zona rural de São Julião, será realizado

NOTÍCIA DESTAQUE

Desconto na mensalidade escolar pode gerar ações judiciais, segundo Procon

Mais de 70 de pais já buscaram o Procon no Piauí para reclamar de algumas escolas particulares que estão se recusando a aplicar o desconto nas mensalidades escolares. O promotor Nivaldo Ribeiro, coordenador do Procon, explica que o órgão

NOTÍCIA DESTAQUE

Três irmãos do bebê que morreu por maus-tratos são levados para abrigo

A justiça autorizou que os três irmãos do bebê que morreu supostamente por maus-tratos no bairro Torquato Neto 4, zona Sul de Teresina, sejam levados para uma casa de acolhimento.