Connect with us

ENTRETENIMENTO

Chico Diaz apresenta espetáculo “A Luz vem da Ásia” em Teresina

Publicado

em

Pela primeira vez em Teresina com espetáculo teatral, o ator Chico  Diaz apresenta, nesta quarta-feira (24), na programação do Festival de Teatro Lusófono 2021- Festluso,  a peça “A luz vem da Ásia”.  A apresentação será 19h, no Theatro 4 de setembro. Entrada é gratuita. 

Em entrevista ao Jornal do Piauí, o ator adianta que a peça “A lua vem da Ásia“, adaptada  por Chico Díaz do romance homônimo do escritor mineiro Walter Campos de Carvalho, levanta questões sobre os limites do poder, das hierarquias e o lugar de cada cidadão na sociedade. Para o ator, o texto tem muito a ver com o momento de confinamento que a sociedade vive atualmente.

Fotos:Roberta Aline

“Esse texto foi escrito pelo Walter Campos de Carvalho em 1956. É um texto extremamente oportuno e contemporâneo.  Discute a questão da liberdade.  O que é ser livre, o que é estar preso, o que é o confinamento e como o ser humano supera “essa prisões”. Isso tudo com muito humor. Você estar preso num corpo, em tempo e espaço, em regras sociais ou na sua tribo e o Campos de Carvalho quebra essa estrutura e questiona o que é estar livre e estar preso”, ressalta.

A peça retrata o diário de um homem hospedado em um hotel de luxo – ou talvez um campo de concentração ou um manicômio. Tendo a loucura como tema central, o protagonista enfileira recordações  de suas passagens por diversos países.

Chico Diaz tem mais de 40 anos de carreira nas artes audiovisuais, com participação em mais de 80 filmes, 22 novelas e inúmeras peças teatrais.

FestLuso

Publicidade

O FestLuso iniciou na segunda-feira (22) e segue até o dia 28  reunindo a cultura, tradições e saberes de artistas de países que falam a língua portuguesa. Com vasta programação, o público presencial é limitado e tem que apresentar cartão de vacinação, uso obrigatório de máscara facial  e de álcool em gel.  A entrada é gratuita.

O FestLuso tem realização do Grupo Harém de Teatro, de Teresina. Chico Diaz ressalta que o festival é uma iniciativa ímpar de reunir culturas.

“É fundamental a gente descortinar novos horizontes. Quando encontrei Francisco Pelé em Cabo Verde ele me falou do FestLuso e eu fiquei maravilhado da possibilidade. Você poder encontrar no Nordeste brasileiro manifestações culturais de Moçambique, Angola,  de Macau, de nosso Brasil e fazer essa troca no universo do português é de uma riqueza absurda”, destaca.

Ficha técnica
Texto original: Walter Campos de Carvalho
Adaptação e atuação: Chico Diaz
Vídeos: Eder Santos e Trem Chic
Trilha sonora: Alfredo Sertã
Direção de Produção: Wagner Uchôa
Duração: 60 min
Gênero: drama
Classificação: livre


Izabella Pimentel
[email protected] 

Publicidade
Publicidade

Facebook

MAIS ACESSADAS