Após decisão da Justiça, enfermeiros se formam em Teresina para reforçar combate ao coronavírus
Publicado por: | Data: 02/04/20

Após decisão da Justiça, enfermeiros se formam em Teresina para reforçar combate ao coronavírus

Após determinação da justiça, 24 estudantes de enfermagem de uma universidade particular de Teresina tiveram a formatura antecipada. A colação de grau da turma aconteceu na tarde desta quarta-feira (1°). O objetivo é reforçar equipes no combate ao novo coronavírus. Os profissionais dizem que com a pandemia as oportunidades de emprego na área de saúde cresceram consideravelmente

Em entrevista ao G1, o aluno Roberto Filho informou que entrou sozinho com uma ação para pedir a sua formatura antecipada. Em seguida, em uma ação coletiva, mais 23 estudantes também entraram na Justiça para poderem colar grau imediatamente.

“Eu entrei no processo de forma individual porque recebi propostas de emprego. O advogado fez a minha ação, deu certo e, em cima da minha, o advogado fez a da turma. Então, eu consegui colar grau porque eu tinha proposta de emprego formalizada e a turma se baseou na questão dos editais, das propostas e seleções, justificando que eles estavam perdendo essas oportunidades”, explicou.

A solenidade aconteceu no pátio da universidade particular, logo após os estudantes terem assinado a ata para a colação de grau. “Nós fomos até a sala da reitoria e, de forma individual, assinamos a ata e saímos. Aí, quando todo mundo assinou, no pátio da faculdade, com a coordenadora ditando, nós colamos grau”, afirmou.

Uma decisão semelhante aconteceu com 38 estudantes de medicina de quatro instituições de Teresina no dia 23 de março. Foram 18 recém-formados da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), 10 da Universidade Federal (UFPI), 18 da UniFacid e 2 da UniNovafapi, instituições particulares de Teresina. Durante a última semana, eles conseguiram realizar a formatura de forma antecipada para conseguir concorrer às vagas do Mais Médicos.

Isolamento social e decretos de calamidade

Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas.

Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Escolas, universidades e a maior parte do comércio, assim como serviços públicos, suspenderam as atividades. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão.

Fonte: G1 PI

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

GERAL

Decreto das armas libera compra de fuzil por qualquer cidadão

O decreto assinado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, que regulamenta o porte e posse de armas no país, permitirá a qualquer cidadão comprar um fuzil. Com informações do Portal G1. A compra

GERAL

São José do Piauí terá Lockdown até dia 1º de janeiro de 2021

O prefeito João Bezerra Neto, de São José do Piauí, município distante 296 quilômetros de Teresina, assinou um decreto de lockdown dia 08 de dezembro, devido ao aumento de casos

Caridade do Piauí

Cruzeiro Jorge conquista 3º lugar no Campeonato Municipal de Caridade do Piauí

A Prefeitura de Caridade do Piauí, realizou na tarde deste domingo, 20 de janeiro, mais uma partida do Campeonato Municipal de Futebol Amador, que tem movimentado os finais de semana