BBB19: Darnley é eliminado e diz à Elana: “Não abaixa a cabeça”
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 20/03/19

BBB19: Darnley é eliminado e diz à Elana: “Não abaixa a cabeça”

Danrley é o oitavo eliminado do Big Brother Brasil 19, com 61,21% dos votos. O carioca enfrentou a berlinda com Carolina e Paula. O Paredão desta terça-feira (19), teve a segunda maior votação da história do BBB, com 150.090.640 votos acumulados.

Tiago Leifert entrou em contato com a casa e disse que é difícil deixar o programa e se habituar com o mundo exterior novamente. “Sair é muito difícil. Não queiram sair, não saiam. Dá saudade depois”, discursou o apresentador.

Em seguida, Leifert anunciou a eliminação de Danrley, que saiu com 61,21% dos votos. Paula recebeu 23,52% e Carolina ficou com 15,87%. Vale ressaltar que Paula é a primeira indicação do Líder a não deixar o programa.

  • Foto: Divulgação/ TV GloboElana chora após eliminação de DanrleyElana chora após eliminação de Danrley

Danrley recebeu os abraços dos colegas e declarou: “Isso aqui está sendo muito importante”. Elana, que é amiga de Danrley desde o inicio do programa, chorou muito com a saída do brother. “Você é a menina mais forte que eu conheço. Não abaixa a cabeça para ninguém”, disse Danrley.

Fonte: GP1


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

GERAL

Inscrições abertas para concurso do IFPI; salário até R$ 9,6 mil

As inscrições para o concurso do Instituto Federal do Piauí (IFPI) foram abertas nesta semana e vão até o dia 10 de julho, pelo Sistema de Concursos do IFPI (clique

GERAL

Sobe para 113 o número de locais com manchas de óleo em praias do Nordeste

Os registros de manchas de óleo em praias do Nordeste subiram para 113, de acordo com o mais recente levantamento, divulgado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), neste domingo (29).

GERAL

Tribunal de Justiça derruba liminar que suspendia terceirização do hospital de Picos

O Tribunal de Justiça atendeu pedido do Governo do Piauí e derrubou a liminar que suspendeu o contrato de gestão entre o Estado e a Organização Social sem fins lucrativos