Comandante quer convocar cerca de 1 mil PMs aposentados para a ativa
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 12/12/18

Comandante quer convocar cerca de 1 mil PMs aposentados para a ativa

O comandante da Polícia Militar, coronel Lindomar Castilho confirmou nesta quarta-feira (12) que apresentará um projeto ao governador Wellington Dias (PT) para a convocação de PMs aposentados. A ideia é tirar os policiais que estão à disposição de órgãos públicos para o policiamento de rua.

Pelo levantamento do comandante, cerca de 1 mil oficiais da reserva estão aptos a retornarem à ativa.

“Hoje temos  765 policiais fazendo a guarda patrimonial em diversos órgãos, principalmente em presídios”.

A proposta será encaminhada ao governador, que passará pelo crivo da Procuradoria Geral do Estado e enviada a Assembleia Legislativa para avaliação dos deputados.

A novidade na proposta do comandante é que os órgãos que necessitam dos policiais terão que arcar com a gratificação extra dos PMs aposentados.
Segundo o comandante, a gratificação por retorno depende do posto do militar e varia de R$ 1.800 a R$ 2.500.

“Os militares da ativa que estão fazendo a segurança dos patrimônios retornam aos quartéis e vão reformar o policiamento de rua”, disse Lindomar Castilho.

 

 

Fonte: Cidade Verde

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

GERAL

PEC da Vaquejada será promulgada pelo Congresso na próxima terça-feira

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), anunciou que a conhecida “PEC da Vaquejada”, tecnicamente a Proposta de Emenda à Constituição (PEC304/17), que torna legal a prática da vaquejada em

Instituto Federal do Piauí lança edital com 954 vagas para cursos técnicos

O Instituto Federal do Piauí divulgou o edital do Classificatório 2014/2 para preenchimento de 945 vagas de cursos técnicos nas modalidades concomitante e subsequente ao Ensino Médio, distribuídas nos campi

GERAL

Padre Marcelo Rossi celebra missa sem público, mas com fotos de fiéis

O padre Marcelo Rossi celebrou uma missa no Santuário Mãe de Deus mesmo sem a presença do público na quinta-feira, 26, durante a pandemia do novo coronavírus. E como a