Estudo confirma que o vírus da zika não é transmitido pela saliva
Publicado por: Junior Oliveira | Data: 01/08/17

Estudo confirma que o vírus da zika não é transmitido pela saliva

Em pesquisa publicada nesta terça-feira (1º) na revista “Nature Communications”, cientistas da Universidade do Wisconsin-Madison (UW-Madison), nos Estados Unidos, afirmam que a saliva não é uma das formas de transmissão do vírus da zika.

O grupo fez estudos com macacos e afirma que não é possível passar o vírus com um beijo na boca ou compartilhando talheres, por exemplo. Para chegar a essa conclusão, os animais foram infectados com as cepas do vírus da zika que circulam nas Américas. As salivas dos primatas com e sem o vírus foram recolhidas — um cotonete foi passado em suas amígdalas.

A transmissão por meio da saliva foi levantada como possibilidade após a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em fevereiro de 2016, anunciar que havia encontrado o vírus de forma ativa na urina e na saliva de dois pacientes.

Ilustração mostra a estrutura do vírus da zika (Foto: Kateryna Kon / Science Photo Libra / KKO / Science Photo Library)Ilustração mostra a estrutura do vírus da zika (Foto: Kateryna Kon / Science Photo Libra / KKO / Science Photo Library)

Outros casos também foram reportados. Estudos apontaram que o zika pode ser detectado após duas semanas no sangue e na saliva. Em outros fluidos, como o leite materno e o sêmen, o vírus pode ser encontrado após meses. Além disso, a infecção ocorre também por meio de relações sexuais.

Mesmo com essa detecção após semanas, a pesquisa da Universidade do Wisconsin-Madison apontou que o vírus é encontrado em muito pouca quantidade na saliva em comparação com a infecção por meio de uma picada de mosquito.

“As cargas virais na saliva são baixas, mas também há substâncias antimicrobianas, o que torna esse nível baixo do zika ainda menos infeccioso do que quando acontece de outra forma”, disse Christina Newman, coautora do estudo e cientista do Time Científico Experimental do Zika na UW-Madison.

“A saliva também é um material viscoso”, disse Dawn Dudley, pesquisadora da Faculdade de Medicina e Saúde Pública da UW-Madison. “Isso dificulta a capacidade de o vírus se movimentar e chegar às células que pode infectar’, completou.

Fonte: G1

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

GERAL

Roupa para o réveillon: Veja o significado das cores para a saúde

Cada parte do nosso corpo esta relacionada a uma das cores do espectro, assim, dependendo da doença, há uma cura apropriada vibrando em uma cor correspondente. Apesar da cromoterapia parecer

GERAL

WhatsApp ganha atualização no iPhone com economia de internet e mais funções; veja

O WhatsApp para iOS recebeu uma atualização nesta quarta-feira (05) e trouxe grandes novidades e melhorias no design. Com a nova versão do app, os usuários de iPhone podem escolher reduzir o uso

GERAL

Piauí sai prejudicado no Consórcio Rota das Emoções

O litoral do Piauí, que busca com muito sacrifício e parcerias público-privadas o incremento e desenvolvimento da região com o que tem de mais importante, o turismo, vem sofrendo com