IPVA de carros com placa que termina em 1 vence sexta-feira
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 26/01/15

IPVA de carros com placa que termina em 1 vence sexta-feira

Termina nesta sexta-feira (30) o prazo para o pagamento do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) de automóveis com placa que termina em 1. As regras permanecem as mesmas do ano passado, mas o valor do imposto sofre alteração por ser atrelado à tabela Fipe.

O Piauí cobra uma das menores alíquotas no país. Veja os percentuais:

– Carros: 2,5%;

– Motocicletas: 2%

– Caminhões: 2,8%

“Desde 92 não temos alterações significativas. O que há anualmente é alteração nos valores, porque o Brasil todo utiliza, para efeito de determinação do valor do IPVA, a tabela Fipe. Com base nela, a gente tem acesso aos valores dos carros usados”, explica Alfredo Irapuã coordenador de IPVA na Sefaz, ressaltando que, no caso de veículos novos, o IPVA é baseado no valor que consta na nota fiscal de compra.

Desconto – Quem pagar o imposto à vista tem desconto de 15%. O valor total pode ser parcelado em até três vezes, mas sem desconto. O proprietário deve sempre observar o último dia útil para realizar o pagamento. Por exemplo, se o último dia do mês cair no sábado, como vai acontecer com janeiro, o pagamento deve ser antecipado para sexta e não deixar para pagar só na segunda.

Frota – O Piauí fechou o ano de 2014 com uma frota de 947.917 veículos. Quem não pagar o imposto, circulará com automóveis de forma ilegal, correndo o risco de apreensão pela polícia.

 

Fonte: Cidade Verde

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

ENTRETENIMENTO

Ex-BBB Elana comemora 2 milhões de seguidores com queima de fogos

A ex-BBB Elana Valenária comemorou nessa quarta-feira (24) o número de 2 milhões de seguidores no Instagram. O pai da engenheira fez uma queima de fogos para comemorar a conquista

GERAL

Sem Lotérica, moradores andam 90 km para receber Bolsa Família no PI

A ausência de uma agência da Caixa Econômica ou de um correspondente na cidade de São Francisco de Assis do Piauí, a 486 Km de Teresina, tem impossibilitado os moradores

GERAL

Setores essenciais aceleram contratações durante a pandemia

Em meio à crise causada pela pandemia do novo coronavírus, que deixou o brasileiro em quarentena e promete provocar mais desemprego, empresas que são parte de setores essenciais (como supermercados,