MP quer melhoria no atendimento da Rede Pública de Saúde de Teresina
Publicado por: | Data: 20/06/19

MP quer melhoria no atendimento da Rede Pública de Saúde de Teresina

O Ministério Público do Estado do Piauí expediu recomendação nº 09/2019, no dia 14 de junho, ao presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, Charles da Silveira, no que diz respeito ao atendimento prestado na Rede Pública Municipal de Saúde.

Segundo o promotor de Justiça Eny Marcos Vieira Pontes, o objetivo da recomendação é assegurar a promoção e qualificação das ações básicas voltadas ao atendimento da população através dos serviços desenvolvidos pelos profissionais do Same (Serviço de Arquivo Médico e Estatística).

A recomendação é para que o gestor execute as ações voltadas à averiguação das condutas oriundas das reclamações prestadas pelos pacientes, no que diz respeito ao atendimento prestado na Rede Pública Municipal de Saúde, além da ampla divulgação, através dos diversos canais de comunicação, inclusive das redes sociais, das informações relativas ao cadastramento de consultas e exames médicos no Sistema Único de Saúde e desenvolvimento de ações voltadas à promoção da educação continuada dos servidores do SAME.

O presidente deve prestar informações ao MP quanto à adoção das medidas administrativas para o pleno atendimento recomendação ao final do prazo de 60 dias.

Fonte: GP1

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

GERAL

Descubra os alimentos que lhe manterão saciado por mais tempo

Alguns alimentos são capazes de controlar o apetite e enganar o estômago por mais tempo. Para evitar a gula, mostramos que certos tipos de comida são indicados para dar uma

GERAL

Jornalista dá dicas de como identificar fake news

Quem tem acesso à internet, principalmente pelo celular, certamente já recebeu uma mensagem, e a encaminhou para um amigo ou parente sem chegar a procedência e veracidade daquela informação.  É

GERAL

Ministro sugere que Cármen Lúcia abra mão de reajuste salarial

As repetidas críticas da presidente do STF, Cármen Lúcia, à proposta de reajuste aprovada pela corte foram alvo de intenso debate entre ministros do Supremo no final de semana. Um deles