Presos devem custear a própria tornozeleira eletrônica no Piauí
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 10/01/18

Presos devem custear a própria tornozeleira eletrônica no Piauí

O projeto de Lei do deputado Firmino Paulo, que determina que os apenados devem custear a manutenção das tornozeleiras eletrônicas, quando estiverem sobre regime semiaberto foi aprovado na Assembleia Legislativa do Piauí, a informação foi divulgada no dia 02 deste mês.

A iniciativa pretende reduzir os crimes protagonizados por detentos, que estão cumprindo pena nesse regime, e que eles sejam impedidos de entrar em locais a eles proibidos ou deixar o perímetro permitido.

“Com o rastreamento as informações de deslocamento vão ser instantâneas, limitando comportamentos e prevenindo contravenções. Essa ideia passa ainda pela redução de custo aos cofres públicos”, enfatizou o deputado Firmino Paulo.

Assim, o rastreamento eletrônico deve ser feito por meio de bracelete, tornozeleira ou chip inserido na pele, de acordo com a disponibilidade do sistema prisional. O apenado deve pagar pela compra do seu equipamento e custear a manutenção do mesmo.

Fonte: Vi Agora | Foto: reprodução

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

GERAL

Programa Verde Amarelo quer gerar 4,5 milhões de empregos em três anos

O governo federal lançou  nesta segunda (11) um programa para incentivar a qualificação profissional e a geração de emprego e renda. A expectativa do governo é que a iniciativa, batizada de

GERAL

Projeto Zona Azul continua sem funcionar no Centro de Picos

Após quase um mês da inauguração do projeto piloto Zona Azul, que seria implantada na Avenida Getúlio Vargas, Centro de Picos, o mesmo continua sem funcionar. O projeto visa democratizar

GERAL

PI tem a segunda maior taxa de analfabetismo do país entre pessoas com 15 anos ou mais, aponta IBGE

A taxa de analfabetismo do Piauí foi a segunda maior do Brasil entre o grupo de 15 ou mais anos de idade em 2018, conforme a Pesquisa Nacional por Amostra