Prefeito de Belém do Piauí decreta luto de 3 dias pelo falecimento de João Manoel e Lindomar Martinho
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 04/05/20

Prefeito de Belém do Piauí decreta luto de 3 dias pelo falecimento de João Manoel e Lindomar Martinho

O prefeito de Belém do Piauí, Ademar Aluísio de Carvalho – MDB, decretou Luto Oficial de três dias em todo o território do município, em razão da morte do professor João Manoel da Silva e de Lindomar Martinho de Carvalho.

Os dois faleceram em um acidente automobilístico ocorrido por volta das 17h40 da sexta-feira, 01 de maio, na rodovia estadual PI 243, especificamente na localidade Chapada, perímetro do município de Belém, a 5 km da sede.

João Manoel era professor efetivo da rede municipal de ensino e presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais. Lindomar é filho do ‘Martim de Chiquinho Beja’.

O decreto considera o trabalho prestado por ambos ao município durante as suas vidas, contribuindo para o crescimento e história de Belém do Piauí. Considera ainda, “o espirito de angústia que se abate sobre cada uma das famílias enlutadas, da qual compartilha, sensibilizado, todo o povo belenense”.

Veja o decreto:  Dec. 212 – Luto – Belém

Notícia relacionada: Grave acidente deixa duas pessoas mortas na PI 243 em Belém do Piauí

sobre o autor

Josely Carvalho
Josely Carvalho 12665 posts

Jornalista e Relações Públicas, formada pela Universidade Estadual do Piauí.

POSTS RELACIONADOS

ENTRETENIMENTO

Jovem piauiense conquista o título de Mister Brasil 2019

O jovem piauiense Antony Marquez, de 23 anos de idade, que é modelo e digital influencer, conseguiu alcançar um grande conquista. Ele foi o vencedor de um dos maiores concursos

GERAL

Dieta ajuda a combater o problemas das gases

Eles incomodam, mas há forma de lidar com o problema dos gases. E ela passa pela alimentação. A dieta para isso deve ser feita com legumes ricos em água e

GERAL

Brasileiros estão entre os que menos ficaram em casa

País com mais casos de covid-19 em números absolutos na América Latina, o Brasil está atrás de quase toda a região nas medidas restritivas de mobilidade, segundo levantamento feito de