Zé Viola é premiado como ´Repentista de Maior Expressividade Cultural` e recebe homenagem em Bocaina; fotos
Publicado por: Willians Sousa | Data: 13/02/20

Zé Viola é premiado como ´Repentista de Maior Expressividade Cultural` e recebe homenagem em Bocaina; fotos

O Plenário José Marques de Sousa, da Câmara de Vereadores de Bocaina, foi palco de um encontro de artistas, autoridades e a sociedade civil para homenagear o poeta e cantador, José de Moura e Silva, mais conhecido no mundo artístico como Zé Viola.

A solenidade que iniciou às 19h desta quarta-feira (12), foi conduzida pelo cerimonialista Cláudio Brito e reuniu diversas autoridades do município e de cidades vizinhas. Zé Viola recebeu a homenagem por ser premiado como ´Repentista de Maior Expressividade Cultural`.

Simone Granjeiro ao lado do esposo Zé Viola.

Inicialmente artistas interpretaram músicas e repentes do homenageado. Entre estes o poeta e cantador Zé da Luz interpretou a canção Arcos-iris da vida e a cantora Sirleide Carvalho interpretou Ranchinho no interior.

Prestigiando a solenidade, o entusiasta e músico, Joel Joaquim dos Santos, disse que o momento é de alegria e orgulho. “Isso nos envaidece muito. Zé Viola é uma amigo de infância e nossos genitores eram amicíssimos. Quando ouço as canções dele, principalmente a que ele cantou aqui, me deixa muito emocionado porque é um filme da nossa vida”, revelou.

“Esse prêmio nos deixa muito orgulhosos e registra com muita pureza a inteligência do povo de Bocaina, pois prova que é a terra dos doutores. Agora saiu o doutor da poesia a nível de Brasil, de uma Bocaina tão pequena, mas de um povo tão sábio. Deus abençoe Zé Viola, todos os poetas do Brasil e o povo de nossa cidade”, falou Joel.

O poeta, Antônio Francisco Vieira, conhecido popularmente como Antônio Corró, marcou presença no evento e destacou o que representa a ocasião para o povo.

“Isso para mim é um grande prazer, prestigiar esta homenagem para meu amigo Zé Viola, representando nosso município e nosso estado. Como poeta ele representa nosso sertão brasileiro e todos que gostam de poesia. Eu também como poeta mando minha homenagem. Para mim foi um prazer receber o convite para participar dessa solenidade pelo prêmio que ele ganhou como titular em primeiro lugar”, parabenizou o poeta Antônio Corró.

O homenageado da noite, Zé Viola, premiado como ´Repentista de Maior Expressividade Cultural`em entrevista afirmou que os abraços e sorrisos do povo de sua terra gera um sentimento de grande felicidade. “Me sinto feliz e coberto pelas orações do terço dos homens de Bocaina e de Lagoa Grande. Estamos com a viola como repente para trazer muito mais para Bocaina que é minha terra, nossa cultura e nosso costume. Esse prêmio veio até minhas mãos e também vira para cá, para representar a poesia, a cantoria, enquanto tenho espontaneidade de alma e coração para representar Bocaina e nosso Piauí”, disse.

A homenagem foi uma surpresa para o cantador, pois o mesmo chegou de viagem ainda ontem e presenciou a multidão na Casa Legislativa.”Nada foi esperado. Foi uma surpresa feita por minha esposa. Chegar aqui e ver a Câmara cheia foi muito agradável. Obrigado a todos que puderam vir. Esse abraço de cada um ficará na minha alma para sempre. A felicidade ainda é maior em ver vocês”, revelou o homenageado Zé Viola.

Discursos e homenagem das autoridades do município 

Na tribuna da Casa Legislativa, o prefeito Erivelto de Sá Barros, foi o primeiro a usar a palavra e durante seu pronunciamento enalteceu o poeta e cantador que é natural de Bocaina. “Foi um título de merecimento e através de você Zé Viola, que me tornei fã da viola. Você sabe das músicas e repentes que eu gosto. Esse é um dom que a pessoa nasce, amadurece e se aperfeiçoa. Isso você faz com maestria. Para nós bocainenses e piauienses é um grande orgulho termos esse filho ilustre. Não tenho palavras para descrever o tamanho da alegria por esse titulo de merecimento”, discursou o prefeito, Dr. Erivelto Sá.

Prefeito Dr. Erivelto de Sá Barros.

O vice-prefeito Teodoro João Simão, o Teodorinho, também usou a tribuna. “Meu amigo Zé Viola, é com grande alegria que comemoramos esse prêmio que você recebeu. É uma honra ter você como bocainense e que representa nossa querida Bocaina, nosso querido Piauí e nosso país. Para nós é uma felicidade inexplicável saber que você tem muito carinho por nossa cidade”, disse Teodorinho.

Vice-prefeito, Teodoro João Simão.

A secretária de Assistência Social, Antônia Leal, a Toinha de Abdias como é conhecida, no uso da palavra recordou dos tempos em que sua saudosa mãe ouvia as canções de Zé Viola através do rádio e se emocionava.

Secretária de Assistência Social, Antônia Leal.

“Admiramos esse conhecimento, esse dom expressado através de palavras de Zé Viola e de outros poetas que estão aqui. Isso realmente é um dom divino. A grandeza e alegria que esse título traz para nós é imenso. Minha mãe quando estava em Teresina ela ouvia seu programa na rádio Difusora e não perdia de maneira nenhuma. Ela telefonava e falava com ele ao vivo. Muitas vezes ela chorava por ouvir essas belas canções que relatam nossa cidade e nossa vida cotidiana. Você nos deu alegria em fazer visitas na nossa casa. Minha irmã Giseuda tem uma admiração muito grande por você”, declarou emocionada a secretária de Assistência Social.

Vereador e presidente da Câmara, José Marques Filho, o Zé Filho, também prestou suas homenagens. “É uma grande satisfação ver essa casa lotada para homenagear esse grande personagem que é Zé Viola. Com certeza representa muito bem todos os poetas. A poesia e a viola é um cultura muito rica”, disse o presidente da Câmara de Vereadores.

Vereador e presidente da Câmara, José Marques Filho.

O vereador e ex-presidente da Câmara, Vando Sampaio, fez uso da palavra. “Muito nos orgulha ter mais uma vez você Zé Viola, recebendo essa homenagem a nível nacional. Aqui você recebeu um homenagem de minha autoria e foi abraçada por todos os demais vereadores. No seu coração, as duas certamente terão o mesmo valor, porque uma foi conferida pelo povo desta terra e a outra de reconhecimento a nível nacional. Zé Viola deixa um sentimento positivo, de uma pessoa humilde para nossa sociedade”, destacou Vando Sampaio.

Vereador, Vando Sampaio.

O parlamentar, vereador Rodervaldo Antônio, o Tim, também discursou para homenagear o poeta e cantador. “Continue representando o povo de Bocaina e teremos mais orgulho ainda. Você é um dos maiores repentistas do Brasil. Parabenizo-lhe por esse título e Bocaina só tem a agradecer por ter um cidadão do seu nível”, parabenizou o vereador Tim.

Vereador, Tim.

Antônio Filho de Sousa, o Tunico, é vereador e também usou a tribuna para prestar suas homenagens ao poeta e cantador de maior de expressividade cultural. “Você está de parabéns. O vereador Tunico, o povo bocainense e piauiense reconhecem como um dos grandes poetas que trazem alegria ao nosso povo em todo Piauí e Brasil”, declarou Tunico.

Vereador, Tunico.

A esposa de Zé Viola, Simone Granjeiro, externou sua homenagem e relatou sobre o momento em que soube da notícia do prêmio para seu esposo.

Simone Granjeiro

“Quando soube da premiação não me contentei de tanta alegria. Mandei uma mensagem para Dr. Erivelto, para Fátima, Zé Airton, Vando e compadre Sivoney, já idealizando esse momento e não poderia deixar passar em branco porque temos o maior e melhor poeta do Brasil. Minha ideia foi acolhida com bastante entusiasmo pelo senhor presidente da Câmara. Começamos o trabalho em  convidar todos os poetas e artistas. Muitos amigos se emocionaram inclusive Negão de Tubão quando eu disse a ele. Agradeço aos professores, diretores, secretários, Dinevis, Fátima, aos amigos Zé dos Passos, aos grupos de whatsapp, a imprensa local. Tenho orgulho pelo poeta Zé Viola e ainda maior é o meu amor por José de Moura. Quero dizer do meu carinho e amor que tenho por ele. Você, Zé, é o meu maior orgulho”, declarou Simone.

Samuel Aboiador discursou e homenageou com aboio. O poeta Cipriano Mourinho falou e também homenageou-o com poesia.

O prêmio ´Repentista de Maior Expressividade Cultural` reconhecido a nível nacional relata a importância de demonstrar o trabalho feito por poetas de toda parte do Brasil em reconhecimento a nível nacional. Utiliza como critérios o poeta mais tocado em rádios, de maior acesso e visibilidade nas redes sociais, atuante em programas de Tv, que participa de congressos e mais viaja pelas regiões do país.

Biografia de Zé Viola

José de Moura e Silva, conhecido como Zé Viola, da cidade de Bocaina-PI, nasceu em 09 de março de 1964. Filho de Isaias de Araújo e Silva e Petronila Liberta de Moura e Silva, desde de criança brincava de fazer rimas e se irritava quando percebia que outras crianças não sabiam brincar de rimar.

Sua primeira cantoria foi na localidade Balceiro, zona rural de Bocaina, ao lado do poeta Totinha. Aos 17 anos ganhou de seu pai a primeira viola e o mesmo lhe ensinara a tocar e afinar o instrumento. Aos 18 anos foi para São Paulo e lá ganhou o nome Zé Viola.

Sua trajetória poética de uma história exitosa vem dividindo palcos com nomes expressivos do cenário cultural. É o primeiro poeta a ser homenageado com um Fã Clube oficial, atuante na cantoria, viajando por todo Brasil, levando seu trabalho, dentre eles: Canção Ranchinho no Interior, Minha Mãe, Tudo por Nada, dentre outras e vários sonetos.

É conhecido na cantoria por seus versos ligeiros e por interpretar canções, tendo uma forte e marcante voz. Tem vários CD`s gravados e participações em congressos por todo Brasil. Zé viola é genuinamente bocainense.

Seus versos já foram fontes de estudo em escolas da Paraíba onde também foi homenageado pela ex-presidente da República, Dilma Rousseff.

Presenças>>

Estiveram presentes na solenidade de homenagem ao poeta e cantador Zé Viola pelo prêmio de `Repentista de Maior Expressividade Cultural`: o prefeito, Dr. Erivelto de Sá Barros; o vice-prefeito, Teodoro João Simão; os vereadores: Zé Filho (presidente da Câmara), Tim, Tunico, Vando Sampaio; os ex-prefeitos e lideranças políticas, Dr. Eriberto Barros (liderança), João de Deus Cipriano (ex-prefeito e ex-vereador), José Airton Cipriano (ex-prefeito e ex-vereador, Jonnes Barros (ex-prefeito), Gorete Barros (ex-primeira-dama), Antônia Dinevis (ex-primeira-dama); os secretários: Fátima Sá (Educação), Dô (Transportes); Edilberto Dantas (Saúde), Antônia Leal (Assistência Social), Naldo Leão (Esportes); os escritores, poetas e demais artistas: Zé da Luz, Barra Azul, Anísio Ferreira, Antônio Corró, Zé Tiago, Sivoney Clementino, Graça Moura, Cipriano Mourinho, Samuel Aboiador, Sirleide Carvalho e Jordam Barros, Deolinda Marques (presidente da ALEP); radialistas: Martírio Rocha e Zé dos Passos; membro da equipe de governo, Cláudio Brito; empresariado: José Diva Barros e Ruzinaldo; o ex-vereador de São Luís do Piauí, Pedro Geraldo, entre outras autoridades e o público em geral.

-Veja mais fotos>>

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Picos

Suspeito de furtos é preso em Picos e celular recuperado no interior de Geminiano

A Polícia Militar de Picos, conseguiu efetuar nesta terça-feira (07), no bairro Junco, por volta das 12h, a prisão de um homem identificado como David Washington da Silva, suspeito de

DESTAQUES

Prefeita Maria José conclui e inaugura Escola padrão FNDE para benefício a população de Fronteiras –PI; veja fotos

O município de Fronteiras -PI, localizado no semiárido piauiense, a mais de 350 km de Teresina, recebeu a entrega de uma nova unidade educacional para estudantes da Rede Municipal de

DESTAQUES

Motociclista fica gravemente ferido em acidente no interior de Patos do Piauí

Um acidente de motocicleta ocorrido no início da tarde deste domingo, 13, no município de Patos do Piauí, deixou uma pessoa gravemente ferida. A vítima foi identificada como Edimar Ribeiro