CAMPO GRANDE | Fórum Comunitário discute políticas públicas para a criança e o adolescente
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 22/08/18

CAMPO GRANDE | Fórum Comunitário discute políticas públicas para a criança e o adolescente

As políticas públicas municipais voltadas para a criança e ao adolescente, foram discutidas na manhã desta quarta-feira,22, durante o I Fórum Comunitário do Selo Unicef edição 2017\2020 no município de Campo Grande do Piauí.

O evento, aconteceu na Câmara Municipal, promovido pela Prefeitura Municipal, através do  Conselho Municipal dos Direitos  da Crianças e do Adolescente, em parceria com a Comissão Intersetorial do Selo Unicef, as Secretarias Municipais de Assistência Social,  Educação e Saúde,  o Conselho Tutelar e o NUCA.

Participaram do evento, autoridades governamentais e representantes das secretarias de municipais, do poder legislativo, escolas municipais e estaduais, conselheiros tutelares, sociedade civil organizada, líderes sindicais, igrejas, entre outros.

O I Fórum Comunitário teve por finalidade discutir ações que fortaleçam  políticas públicas, buscando alcançar importantes melhorias na qualidade de vida das crianças e dos Adolescentes.

A secretária de Educação, Anazilda de Jesus, também representando, o prefeito João Batista de Oliveira, o Baiá, após cumprimentar a todos, disse que o Fórum é um espaço  democrático  de discussão, que favorece o poder público e a sociedade em geral.

“Aqui vamos colocar nossos anseios, aquilo que precisamos e queremos para que tenhamos uma sociedade justa e de direitos. Vamos discutir políticas públicas que beneficiem as nossas criança e adolescentes, onde  avaliaremos e construiremos melhorias para os  indicadores da saúde, educação e social, mantendo o que está dando certo   e propondo  melhorias para   aquilo que não está. E que  diante da análise desses indicadores saia um plano de ação que promova  melhorias na qualidade de vida desse do público infato juvenil”, disse a gestora.

Durante o evento, que faz parte das ações pró-selo, foram realizadas apresentação com as crianças do grupo de ballet, apresentação musical de artistas locais, e de Caratê, promovido pelos caratecas do município, que são destaques em competições em todo o estado do Piauí.  A exemplo disto, o Campeonato realizado na cidade de Oeiras onde ganharam 12 medalhadas.

No  fórum,  foi realizado a  apresentação da metodologia do Selo Unicef, feito pela articuladora local, Valdirene de Sá Oliveira. Segundo ela, o Selo monitora e acompanha todas as ações desenvolvidas dentro da política de atendimento a criança e ao adolescente e  faz com que elas sejam aplicadas de maneira eficaz, no atendimento à saúde, educação, social, esporte, lazer e cultura, beneficiando a todos, sem distinção.

Na ocasião, foi apresentado a equipe intersetorial do Selo Unicef, composta por várias secretarias e membros de diversos setores da sociedade civil organizada, bem como,  os membros dos  Conselhos Municipais.

Outro momento importante do Fórum, foi a apresentação do diagnóstico da situação das crianças e adolescentes  de Campo Grande,   que foi conduzido pela presidente do CMDCA,  Tássia Kelly, que  apresentou, também a linha de base dos indicadores sociais  que apresentam a cor verde com ótimo, verde claro com bom, mas que precisa melhorar e vermelho como  ruim que deve ser melhorado.

Em seguida, aconteceu a divisão dos onze grupos de trabalho, que dentro da linha de base, e de acordo com as orientações do selo,   elaboraram  e apresentaram propostas para melhorar os indicadores do município.  Dentre eles, o indicador de percentual de crianças de até um ano de idade com registro civil, onde o município  está verde claro, e foi proposto como ação  buscar parceria e trazer a justiça itinerante á Campo Grande.

Outra proposta, foi sobre o indicador da distorção idade-série  nos anos  finais  do ensino fundamental, em que o município está no vermelho. Para melhorar foi elencado como ação, a articulação entre as secretarias para identificar os problema que levou o estudante a não progredir na escola e sensibilizar as famílias para a questão.

O indicador de óbito materno,  em que o  município não registra casos e está  Verde, foi proposto a continuidade das ações que são já realizadas pela gestão de Campo Grande.

Após o almoço foi realizado, o plano de ação, em  acordo com as propostas apresentadas pelos grupos de trabalhos.

Estiveram presentes também, a secretária de Assistêsncia Social, Vandelesne Oliveira, a secretária de Cultura, Zefinha Belchior  e o vereadores Janaina Ramos, Martinho Belchior e Irmão Rone.

Veja fotos:

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES

Segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa é prorrogada no Piauí e mais 12 estados

A segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, que inicialmente terminaria no dia 30 de novembro, foi prorrogada em 13 unidades federativas do Brasil. A ampliação do

DESTAQUES

Brasil tem 4.205 mortes e 61.888 casos confirmados de coronavírus

O Brasil registrou 189 mortes decorrentes do novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo dados atualizados neste domingo, 26, pelo Ministério da Saúde. Com isso, o total de vítimas da

DESTAQUES

Piauí registra 1.181 casos confirmados e 17 óbitos pelo coronavírus nas últimas 24h

Nas últimas 24 horas foram registrados, no Piauí, 1.181 casos confirmados e 17 óbitos pelo novo coronavírus, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite desta