Professores de Campo Grande do Piauí participam de formações voltadas ao ensino remoto
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 28/07/20

Professores de Campo Grande do Piauí participam de formações voltadas ao ensino remoto

Diante do cenário vivenciado em decorrência da pandemia do Novo Coronavírus, a Prefeitura de Campo Grande do Piauí, tem investido esforços para capacitar os profissionais do município para uma atuação de qualidade, frente a nova realidade.

Neste mês de julho, profissionais da Rede Municipal de Ensino tiveram a oportunidade de se qualificar. Em uma iniciativa da gestão municipal, através da Secretaria de Educação, os docentes participaram de formações voltadas ao ensino remoto.

O objetivo é atualizar e apoiar o profissional de educação nesse período de isolamento social, abordando temas relacionados à implementação da educação remota.

As formações, que aconteceram de forma online, foram ministradas pela Consultora Educacional Marcianne Morais e pelo professor e palestrante Marcio Lima. O primeiro evento foi um workshop de educação infantil, que aconteceu nos dias 15 e 16 de julh

Segundo Marcianne Morais, o workshop foi voltado para professores de crianças de 0 a 5 anos. “A Rede Municipal de Ensino de Campo Grande do Piauí participou de dois momentos diferentes de formação. O primeiro foi o workshop de formação infantil, que servia tanto para o ensino remoto, quanto para o presencial, quando precisarmos retornar. Era um processo de formação específico para professores que atendiam crianças de 0 a 5 anos”.

Ela disse que foi abordado sobre a construção de atividades, avaliação e organização do plano do curso. “Nós trabalhamos desde os aspectos gerais da BNCC, da Educação Infantil, a nova organização curricular, como estão divididos os campos de experiência, os direitos de aprendizagem, os objetivos de aprendizagem e desenvolvimento. E passamos pela construção de atividades até chegarmos à avaliação através da utilização de fichas, pela montagem do plano do curso, como estruturar tudo isso para as crianças”.

A segunda formação, voltada para o ensino fundamental e também infantil, aconteceu nos dias 22 e 23 de julho. No primeiro dia, foi trabalhado o tema “Como fazer tudo segundo a legislação, de acordo com a BNCC e utilizando as tecnologias digitais. No dia 23, “Como planejar e executar aulas segundo a BNCC e utilizando as tecnologias digitais”, foi atemática abordada.

“Tratamos desde a elaboração do plano de curso, sendo mais geral, servindo para ensino fundamental e infantil, passando pelo plano do período das atividades pedagógicas não presenciais. Também trabalhamos a montagem do roteiro de aprendizagem, como fazer isso de maneira eficaz para o processo de ensino aprendizagem” destacou Marcianne.

Ela disse que foi tratado também o processo de avaliação. “Trabalhamos também a montagem dos cardápios e chegamos a avaliação, como fazer avaliação nesse período e no presencial, o que a BNCC orienta sobre todo esse processo de avaliação, do processo de ensino aprendizagem, do desenvolvimento da criança, através da observação, inclusive da taxonomia de Bloom, de como fazer isso, mas seguindo as orientações dos pareceres do Conselho Nacional de Educação, de como fazer essa avaliação de forma mais qualitativa, mais diagnostica, do que somativa por si só”.

A secretária de Educação de Campo Grande do Piauí, Anazilda de Jesus, disse que a formação era necessária, pois o ensino remoto é algo novo. ““O ensino remoto é uma novidade para todos nós, onde nunca tínhamos passado por esta experiência e começamos muito de repente, onde trabalhamos um mês com experiências, ajustando e mudando o que precisava e onde era necessário. Percebemos que dentro das dificuldades encontradas, estávamos necessitando de uma formação voltada para o Ensino Remoto, tanto para a gestão, diretores, coordenadores, como para os professores, já que ninguém viveu tais experiências e as dificuldades que chegavam” falou.

Ela disse também que formações são sempre necessárias, para adaptação a novos métodos de ensino. “E a formação para docentes, em qualquer situação é necessária e bem vinda, por que precisamos estar nos adaptando a novos conhecimentos e novos métodos de ensino. E o Ensino Remoto era algo onde precisávamos fazer esse aprimoramento. E pensando em melhorar esse trabalho e na qualificação daquilo que estávamos propondo a nossa rede, ao nosso alunado, propus essa formação para os nossos docentes”.

A secretária ainda destacou que as formações foram positivas. “Os momentos foram de grande importância e foram passadas informações essenciais e relevantes. Acredito tenha deixado um legado de conhecimento para todos nós e que o resultado foi positivo para melhorar cada vez mais nosso ensino de Campo Grande do Piauí”.

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Picos

PICOS | Grupo Teatral Tempus está com inscrições abertas para Curso de Iniciação Teatral

O Projeto de Extensão TEMPUS – Teatro Experimental Universitário em Estudos Históricos do Campus Senador Helvídio Nunes da Universidade Federal do Piauí, está com inscrições abertas para o Curso de Extensão de

Francisco Macêdo

Prefeitura de Francisco Macedo realiza entrega de materiais para ACS e kits para Unidade Básica de Saúde

A Prefeitura Municipal de Francisco Macedo, através da Secretaria de Saúde do município, realizou na manhã desta segunda-feira, 03, a entrega de Kits e materiais de com intuito de promover

GERAL

Grave acidente entre caminhões tira a vida de motorista em Inhuma; fotos

Na manhã desta quarta-feira, 27 de agosto, um acidente fatal envolvendo dois caminhões tirou a vida de Aglilson Barbosa do Nascimento, de 24 anos. A vítima fatal conduzia um caminhão