Georgiano Neto se reúne com superintendente do Banco do Brasil e trata sobre atendimento com numerário na agência de Jaicós
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 12/11/19

Georgiano Neto se reúne com superintendente do Banco do Brasil e trata sobre atendimento com numerário na agência de Jaicós

O deputado estadual Georgiano Neto, se reuniu com o superintendente do Banco do Brasil, Fernando Barros Silva, para mais uma vez, buscar soluções para o problema que tem afetado o município de Jaicós, que é o atendimento sem numerário na agência da cidade.

Georgiano disse que a normalização do atendimento é uma reivindicação que já vem sendo apresentada. “Essa é uma demanda apresentada por mim, pelo prefeito Neném de Edite, o deputado Júlio César, inclusive ao presidente nacional, em Brasília. E agora tivemos a boa notícia de que ao longo do 1º trimestre de 2020, o banco vai apresentar a Jaicós e outros municípios, um novo modelo, mais sofisticado, bem aparelhado, para que possa voltar a circular numerário na agência do banco em Jaicós e com certeza dar mais conforto, comodidade e facilitar a vida das pessoas que precisam desse banco” disse.

Fernando Barros disse que o banco tem empenhado esforços para manter o maior número de agências em pleno funcionamento. “Sabemos o quanto uma agência financeira é importante para o desenvolvimento, a economia local. Da parte do Banco do Brasil vamos sempre engendrar todos os esforços no sentido de manter o máximo possível de pontos em pleno funcionamento, dando atendimento e realizando negócios naquele região onde ele está inserido. E clamamos a população, ‘vocês são os olhos’, a vigilância não do banco pelo banco, mas do banco como uma instituição que pode alavancar a economia, a região, os negócios e qualidade de vida das pessoas” falou.

Sobre Jaicós, o superintendente afirmou que o objetivo é, a partir de 2020, prestar um atendimento melhorado no município. “Em relação a cidade de Jaicós, temos buscado, principalmente através de inteligência tecnológica, alternativas que dificultem a ação de meliantes, que prejudique a população da cidade e região circunvizinha, no acesso ao numerário. Em Jaicós a gente trabalha, juntamente com outros municípios, para que a partir de 2020 já possamos ter um funcionamento melhorado” disse.

A reestruturação pela qual passa o BB, contempla a criação da Unidade Inteligência Analítica, que acompanhará o desenvolvimento de técnicas, ferramentas e inovações que utilizam soluções com inteligência analítica e inteligência artificial, com objetivo de acelerar o desenvolvimento digital do BB.

Agência de Jaicós

No dia 31 de janeiro de 2018, o Banco do Brasil, Lotérica e Correios, no município de Jaicós, foram alvos de criminosos. Desde o roubo, a agência do município está atendendo sem numerário, ou seja, não realiza transações financeiras com dinheiro em espécie, sendo assim, não oferece os serviços essenciais de saque e depósito.

O problema tem afetado a população de Jaicós e também de municípios como Campo Grande do Piauí, Belém, Padre Marcos, Massapê e Patos do Piauí. Atualmente, a população utiliza os serviços em correspondentes bancários, onde é possível realizar saques, depósitos e pagamentos, mas, os postos são considerados insuficientes para atender a demanda local e regional.

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE 0 Comments

Professor é assassinado dentro de carro na porta de casa no interior do Piauí

Os disparos dados por dois homens que estavam em uma moto e fugiram após efetuar vários tiros, que atingiram principalmente o tórax do professor. Uma equipe médica do Samu ainda

NOTÍCIA DESTAQUE 0 Comments

Quatro homens foram presos suspeito de estupro no interior do Piauí

A Polícia Civil do Piauí realizou nesta sexta-feira (1º) a operação denominada ‘Elas por Elas’ para combater os casos de estupro no Piauí. Na ação quatro homens foram presos nas

DESTAQUES 0 Comments

Trabalho infantil é discutido em audiência pública em Jaicós

A Prefeitura Municipal de Jaicós, por meio da Secretaria de Assistência Social, realizou na manhã de quarta-feira, 22, a I Audiência Pública contra o Trabalho Infantil, que teve como tema,