VII Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente abre a I Semana do Bebê em Padre Marcos
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 23/10/18

VII Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente abre a I Semana do Bebê em Padre Marcos

Com o tema “Proteção integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências”, a Prefeitura Municipal de Padre Marcos, juntamente com as secretarias de Educação, Assistência Social e Saúde, realizou nestes dias 22 e 23 de outubro, a VII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, como parte integrante da programação da I Semana do Bebê.

A programação desta terça-feira (23), que aconteceu na Câmara Municipal, teve início com a formação da mesa de honra, entoação do Hino de Padre Marcos e em seguida a apresentação da coreografia “Cuida de mim”, com crianças da Pré-Escola Tia Guida.

Logo após a leitura do Regimento Interno, o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Natálio Antônio da Silva, iniciou os pronunciamentos. “Se não fosse vocês, com certeza, esse trabalho não seria realizado, pois é com ajuda de todos, da sociedade, que nós construímos ações voltadas para o nosso município e principalmente para o bem estar de nossas crianças e adolescentes. Sejam todos bem vindos a VII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Estamos aqui hoje mais uma vez, pois já estivemos reunidos em agosto no 1º Fórum do Selo Unicef também traçando metas e estratégias para o bem estar de nossas crianças e adolescentes, e hoje não será diferente. Agradeço ao gestor municipal por ter nos atendido, pois todas as despesas dessa conferência o município é quem arca, pois ainda não temos suporte para arcar com um evento como esse” destacou ele.

A integrante do Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA), Vitória Leal, falou da importância de existirem pessoas que se preocupam com os direitos das crianças e adolescentes. “É muito importante para mim como jovem e cidadã saber que tem muitas pessoas encarregadas e preocupadas em conceder nossos direitos. E os fóruns e palestras são muito importantes por conscientizar as pessoas, pois muitos de nós sofremos abusos, violência, coisas que não devem ser praticadas contra as crianças, que são seres que necessitam de amor e cuidado” disse ela.

A jovem ainda agradeceu ao prefeito Valdinar por ouvi-los. “Ter vez e voz é muito importante na sociedade. E eu agradeço a nosso gestor, Valdinar, que nos escuta, apoia e, principalmente, dá voz ao que a gente pensa, pois nossas opiniões muitas vezes são deixadas de lado. É muito importante escutar os adolescentes, pois como diz a música que as crianças da Tia Guida apresentaram “nós somos o futuro da nação. E se a gente não tiver vez, nem voz, como será o futuro da nação?”. É essa mensagem que quero deixar, que é muito importante a gente se preocupar e ter cuidado com nossas crianças e adolescentes, porque o que a gente faz e ensina a eles hoje é o que eles irão ensinar e fazer no futuro” concluiu.

O prefeito municipal José Valdinar, agradeceu a todos e falou da importância da busca pelo Selo Unicef. “Agradeço a todos por estarem aqui para realizarmos a nossa VII Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente, e também a Semana do Bebê, vivenciando assim a questão do Selo Unicef. Além das medidas políticas que fazemos no dia a dia, mencionando as diretrizes que o Selo exige, tem outras metas específicas de cada secretaria que depende de cada um dos nossos habitantes e funcionários públicos. Só conseguimos o Selo se realmente toda a população de Padre Marcos se organizar para que os nossos indicadores pontuem de forma correta e positiva” disse.

O gestor ainda disse que vê um futuro brilhante para os jovens e adolescentes do município. “Ficamos muito felizes por esses jovens, são em torno de 30 que participam do NUCA e quem está ganhando com isso é a nossa secretaria de Assistência Social, a nossa formação política, social, econômica e cultural. A gente vê que vamos ter grandes cidadãos e cidadãs no nosso município, que vamos ter um futuro grandioso, por olhar para nossa juventude e vermos jovens grandiosos como vocês, como a Vitória que fez uma belíssima fala. Vemos que nossos jovens estão amadurecendo de forma simples, coerente e com uma visão de futuro, onde a família é a base de tudo” falou.

Valdinar ainda reforçou que Padre Marcos irá lutar pela conquista do Selo. “A questão da criança e do adolescente a gente está levando à sério, porque para que os indicadores positivos realmente aconteçam nós não podemos maquiar, nem fazer de conta, temos que fazer com que as coisas aconteçam, não somente na administração, no Judiciário, dentro da família, mas em um todo. O selo Unicef para nós do município de Padre Marcos é algo que vamos lutar e buscar com unhas e dentes, nem que tenhamos que fazer coisas que às vezes não são do nosso porte, mas temos que acompanhar” finalizou.

Logo após, foi realizada a palestra sobre o tema central da conferência, ministrada pela profissional Cícera Geovânia Cardoso, que tem uma ampla experiência na política de assistência social. “Gostaria de parabenizar Padre Marcos por esse momento democrático e de direito, é aqui onde a gente pode manifestar, dialogar, discutir. O gestor ter esse entendimento de garantir, pois é ele que garante o recurso, de trazer os adolescentes maravilhosos, é importante” disse ela.

A palestrante abordou os quatro eixos a serem discutidos na conferência. Entre outros pontos, Geovânia ressaltou a necessidade da educação. “É difícil garantir direito em uma sociedade que ainda precisa ser educada, dizem “não, mas na lei tem, tem que fazer”, mas como a mãe e o pai vão garantir esse direito se eles não tem conhecimento, se foi negado esse direito o tempo todo?.  Então, essa criança ou adolescente está no meio de uma família que sequer sabe. E temos também os casos contrários, das famílias que tem consciência, mas tiram esse direito. É complicado, problema social não se resolve somente com lei, precisa-se de educação” disse ela.

Logo após a palestra e participação do público, os participantes se dividiram em grupos para discutirem os eixos e sugerirem ações de melhorias. Os eixos foram: Garantia dos Direitos e Políticas Públicas Integradas e de Inclusão Social; Prevenção e enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes; Orçamento e financiamento das políticas para crianças e adolescentes; Participação, comunicação social e protagonismo de crianças e adolescentes; e Espaços de gestão e controle social das políticas públicas de crianças e adolescentes.

Em seguida, cada grupo apresentou os resultados sugerindo ações como buscar fundos do estado para que possa pactuar com as políticas públicas municipais da criança e do adolescente; capacitação para profissionais de todas as áreas identificarem situações de violência; ampliar os programas voltados para o desenvolvimento da criança e do adolescente, instituir um meio de comunicação anônimo no município para o recebimento de denúncias, entre outras.

No final do evento, foi realizada a eleição de quatro delegados municipais para participarem XI Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente e a entrega de certificados aos participantes.

Fotos:

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES

Prefeitura de Fronteiras divulga edital de concurso com 60 vagas e salários de até R$ 3 mil

A Prefeitura Municipal de Fronteiras, divulgou nesta quarta-feira (10), o edital do concurso público para preenchimento de vagas em diversos cargos efetivos no âmbito da Administração Pública Municipal. São oferecidas

DESTAQUES

Pedestres e ciclistas poderão ser multados a partir de 2018

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran)publicou nesta sexta-feira (27) um resolução que define as regras de multas para pedestres e ciclistas que andarem fora das áreas permitidas. A medida começa a

NOTÍCIA DESTAQUE

Prefeitura de Padre Marcos promove confraternização com usuários do programa Criança Feliz

A Prefeitura de Padre Marcos através da Secretaria de Assistência Social, promoveu na tarde desta sexta-feira, 06,  uma confraternização com os usuários assistidos pelo programa Criança Feliz. O evento, que