A Delegacia-Geral da Polícia Civil acatou recomendação expedida pelo Ministério Público do Piauí, através do Grupo de Atuação Especial de Controle Externo da Atividade Policial (GACEP), de forma integrada com a 6ª Promotoria de Justiça de Picos, para a lotação de pessoal na Central de Flagrante de Picos, com a designação de Delegados e Agentes de Polícia Civil em quantidade adequada para seu regular funcionamento.

A recomendação foi expedida no âmbito de procedimento administrativo instaurado pelo GACEP com a finalidade de prestar apoio à 6ª Promotoria de Justiça de Picos para fomentar melhorias nas condições de trabalho na 3ª Delegacia Regional de Picos.

Em maio deste ano, o GACEP articulou reunião com a participação dos Promotores de Justiça com atribuição criminal de Picos, o Secretário de Segurança Pública, o Delegado-Geral da Polícia Civil, o Gerente de Polícia do Interior e os Delegados de Polícia lotados em Picos, na qual foram discutidas, entre outras questões, o acompanhamento da citada recomendação, diante da quantidade insuficiente de servidores lotados na Central de Flagrantes de Picos.

Na última sexta-feira, 17 de julho, a Polícia Civil concluiu concurso de remoção e, acolhendo à recomendação, destinou mais dois delegados e mais quatro agentes de polícia para atuarem na 3ª Delegacia Regional de Picos.

Assim, de forma inédita, após a entrada em exercício dos novos servidores, a 3ª DPC de Picos passará a contar com um total de oito delegados, o que possibilitará maior celeridade na tramitação dos procedimentos policiais e no cumprimento das requisições ministeriais, bem como um melhor atendimento à população.