Mutirão beneficia a centenas de pessoas em Picos; cirurgia leva menos de 3 minutos
Publicado por: | Data: 24/03/19

Mutirão beneficia a centenas de pessoas em Picos; cirurgia leva menos de 3 minutos

Dois minutos e meio. Tempo em que uma cirurgia é realizada pelas mãos do cirurgião-oftalmologista Thiago Castro, responsável pelo mutirão da catarata que vem ocorrendo desde a última quarta-feira (20) em Picos e se encerraria neste domingo (24), mas foi estendida até esta segunda-feira (25).

O acréscimo de um dia no mutirão se deve pelo fato do acréscimo liberado pela Secretaria de Saúde do Piauí em mais 133 cirurgias, totalizando um número de 513 operações. O pedido de aumento foi feito pelo prefeito Padre Walmir e pelo secretário de Saúde, Dr. Júnior Santos, ao gestor estadual da pasta, Florentino Neto, pelo fato de várias cidades da macrorregião terem ficado desassistidas nas primeiras vagas.

Neste quinto dia de mutirão, já foram realizadas quase 400 cirurgias, assim como de exames pré-operatórios e consultas de retorno. Os pacientes, ao fim da operação, recebem um kit pós-operatório, com óculos escuro e os remédios necessários para tratamento.

Enquanto realizava uma de suas cirurgias, o cirurgião Thiago Castro, em conversa com o prefeito Walmir Lima e com os secretários, Florentino e Júnior Santos, declarou que há uma urgência grande em realizar outro mutirão da catarata no município no prazo de, pelo menos, dois meses, pois, segundo ele, o nível da doença nos pacientes deste mutirão está em estado avançado, ou seja, os pacientes, em sua grande maioria, convivem com a doença há muitos anos.

O procedimento cirúrgico durou cerca de dois minutos e meio, com incisão de 2 milímetros. Após a retirada da catarata, o médico inseriu uma lente de contato – dobrada, caso contrário, o corte deveria ser de 7 a 8mm – colocada na parte posterior do cristalino da retina, para substituí-lo, visto que este foi danificado pela catarata.

Um dos pacientes, o senhor Antônio Dias da Costa, 80 anos, realizou sua cirurgia ontem (23). Ele, que é morador de Massapê do Piauí, demonstrou felicidade por poder, agora, voltar a enxergar. De acordo com sua filha e acompanhante, Jéssica Dias, seu pai está há muitos anos com a doença, mas, por falta de recursos, ainda não havia conseguido retirar a catarata. A jovem agradeceu ainda o apoio que recebeu da Secretaria de Saúde e da Prefeitura de Massapê do Piauí.

“Meu pai foi diagnosticado há bastante tempo, mas, de dois anos para cá, ele começou a ter uma piora em um dos olhos e sempre teve dificuldade em enxergar desse olho. Por falta de recursos financeiros, a gente não teve como fazer. Agora apareceu esse mutirão, que foi uma grande oportunidade pra gente. Através da Secretaria de Saúde de Massapê do Piauí, ele conseguiu chegar até aqui nesse mutirão que está sendo realizado aqui em Picos. Os pacientes de nossa cidade tiveram um apoio muito bom da equipe de saúde e da gestão de nossa cidade. Eles não deixaram faltar nada, nem para os pacientes nem para nós, acompanhantes. Agora esperamos que dê tudo certo e ele possa ver melhor”, disse ela.

O prefeito Padre Walmir celebrou a realização do mutirão da catarata e o retorno que tem recebido com essa ação. Para ele, mais satisfatório que o retorno das pessoas em agradecimento é poder devolver-lhes algo tão importante como a visão.

“Com relação ao mutirão, a gente sabia da magnitude do serviço, do bem que estava sendo prestado à população, porém, a gente não imaginava que fosse receber tanto reconhecimento. Dr. Júnior estava falando pra gente agora que se emocionou por diversas vezes vendo pessoas entrando cegas e saindo enxergando, e o quanto elas saem satisfeitas, louvando a Deus, agradecendo ao Governo do Estado, à Prefeitura de Picos, ao secretário de saúde, Dr. Júnior, por termos propiciado esse momento em suas vidas. De início, tínhamos 400 cirurgias. O secretário estadual se sensibilizou com as demais cidades que não tinham sido contempladas e com as pessoas que precisavam também dessa graça em suas vidas. Ele ofereceu mais 133 cirurgias, passando assim de 500. E a gente só tem a agradecer por ter levado a essas pessoas essa oportunidade, pois a gente sabe que a visão é muito importante”, disse ele.

Padre Walmir Lima exultou ainda a visita do secretário de Saúde do Estado, Florentino Neto, neste fim de semana. De acordo com ele, sempre que o gestor vem a Picos é para trazer boas notícias quanto à saúde pública do município. O prefeito falou ainda sobre um segundo mutirão na cidade.

“Fiquei feliz com a vinda de nosso secretário Florentino. Ele já escolheu Picos como se fosse sua terra, e nós já o acolhemos como filho de Picos. E sempre quando ele vem a Picos nos traz boas novas. Mais cedo estivemos conversando com ele nossas pautas, como a retomada das obras do Hospital Regional e prevendo para o segundo semestre outro mutirão, pois sabemos que foi um mutirão grande, mas a demanda é muito maior”, declarou ele.

O prefeito relatou ainda algumas pautas prioritárias debatidas com Florentino Neto. “Nossa prioridade é abrir o Centro Médico Especializado ali na UPA. Depois a retomada da obra do hospital, que é um anseio da população. A gente sabe o quanto é necessário. Com certeza vai melhorar muito na questão atendimento, pois vai abranger um número maior de pacientes. Temos também a melhoria do atendimento ali no regional e algumas obras que estão para serem concluídas”, disse Walmir Lima.

O secretário de Saúde do Estado, Florentino Neto, informou que sua visita a Picos aconteceu para verificação do mutirão de catarata. “Eu quero dizer que é uma grande felicidade ver o que está acontecendo aqui. Mais de 500 cirurgias a serem realizadas, pessoas cegas que saem daqui enxergando e, principalmente, a organização que Dr. Júnior e o prefeito Walmir puderam programar para esse mutirão”.

O secretário corroborou ainda a fala do prefeito quanto à realização de um segundo mutirão no próximo semestre, com a possibilidade de um número maior de cirurgias “para que se possa diminuir ou extinguir essa fila de pessoas que esperam por uma cirurgia de catarata”, afirmou.

Florentino falou ainda sobre o atraso na abertura da Unidade de Pronto Atendimento, que deveria ter acontecido dia 22. “Na realidade, esse mutirão era para estar acontecendo no prédio da Upa. Ele já está concluído, aprovado a sua construção, mas existem procedimentos burocráticos que precisam ser concluídos e ainda não foi possível a conclusão deles dentro do prazo estabelecido. Mas estamos nos articulando para que seja aberto o mais rápido possível. Não levaremos mais que 30 dias para que estejamos com esse centro de especialidades funcionando dentro da UPA”.

O secretário de saúde de Picos, Júnior Santos, agradece o apoio recebido da SESAPI e da Prefeitura de Picos para realização do mutirão. Segundo ele, ver a felicidade das pessoas após a cirurgia é impagável.

“Ver a felicidade das pessoas que estão saindo das cirurgias, ver o sucesso dessas cirurgias é gratificante demais. Não tem dinheiro que pague para a gente, como gestor, o sucesso desse mutirão. É preciso também agradecer aos nossos parceiros: o Hospital Regional, ao secretário Florentino e ao nosso prefeito. Quantas e quantas pessoas chegaram aqui para realizarem suas cirurgias, estavam com a pressão alta, foram deslocadas ao hospital e lá receberam todo o suporte para que normalizassem, voltassem e fizessem a cirurgia”, pontuou o secretário.

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Comando vai apurar conduta de bombeiro que correu sobre a Ponte Metálica

O Corpo de Bombeiros do Piauí vai abrir um processo administrativo para apurar a conduta do bombeiro que escalou a Ponte Metálica e correu sobre a estrutura de ferro. O

NOTÍCIA DESTAQUE 0 Comments

Instagram ganha integração com WhatsApp para compartilhar fotos

Nesta terça-feira (24), o Instagram ganha uma integração com o WhatsApp. Os aplicativos, ambos comprados pelo Facebook, agora vão trabalhar juntos no compartilhamento de fotos e vídeos. De acordo com

Picos

Uespi lança edital com 1158 vagas de especialização e 12 novos cursos

A Universidade Estadual do Piauí (Uespi) por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROP), torna público abertura de edital com 1158 vagas para cursos de especialização (Lato Sensu), distribuídas