Nove vereadores de Picos mudarão de partido em busca de sobrevivência política
Publicado por: | Data: 06/03/20

Nove vereadores de Picos mudarão de partido em busca de sobrevivência política

Em busca de sobrevivência política ao menos nove vereadores de Picos que disputarão a reeleição vão mudar de partido. O prazo da chamada janela partidária definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) teve início ontem, 5 de março, e se encerra no dia 3 de abril, seis meses antes do pleito  que esse ano acontece em 4 de outubro.

No prazo da janela partidária os vereadores que pretendem disputar a reeleição ou os cargos de prefeito ou vice, poderão mudar de partido sem sofrerem qualquer punição por parte da direção da legenda.

Com o fim das coligações proporcionais, ao menos nove vereadores de Picos vão aproveitar esse período para trocarem de partido. O restante dos parlamentares com mandato, em número de seis, devem permanecer onde estão.

Mudanças

O vereador José Rinaldo Cabral Pereira Filho, o Rinaldinho, eleito pelo Progressistas, já confirmou que vai mudar de legenda. O seu destino poderá ser o MDB, o PL ou outro partido da base de apoio ao prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT).

Também mudarão de partido os vereadores Simão Carvalho Filho, atualmente no PSD; José Joaquim de Carvalho, o Dedé Monteiro, que deverá trocar o PPS pelo Progressistas; Raimundo Nunes Ibiapino, o Renato e Valdívia Santos Silva, os dois últimos filiados ao PRP.

Mudarão de legenda ainda os vereadores Evandro Lima de Moraes, o Evandro Paturi, que deverá deixar o PT e se filiar ao MDB; Antônio Afonso Santos Guimarães Júnior, o Afonsinho, que deixará o Progressistas; José de Arimateia Luz, o Maté, que trocará o PSL por uma legenda da oposição e José Luís de Carvalho, que sairá do PTB para ingressar no PL.

Ficam onde estão

Devem permanecer onde estão o presidente da Câmara de Picos, Hugo Victor Saunders Martins (MDB); os vereadores Francisco das Chagas de Sousa, o Chaguinha (PTB); Wellington Dantas (PT), Francisca Celestina de Sousa, a Dalva Mocó (PTB), Antônio Marcos Gonçalves Nunes, o Toinho de Chicá (Progressistas) e Carlos Luís Nunes de Barros (PSDB).

Fonte: Folha Atual

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

GERAL

Reforma da rodoviária de Picos deve começar em março

A Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico (Sinart) é a empresa vencedora da licitação que permite a concessão dos terminais rodoviários de Picos, Teresina e Floriano. A empresa baiana

POLÍTICA

Wellington diz esperar contar com maturidade de Themístocles

Na quinta-feira (16), o governador Wellington Dias inicia a agenda como candidato à reeleição. Ele fará uma caminhada e no dia 17 recebe a visita de Fernando Haddad (PT) que

POLÍTICA

Governador sanciona inclusão do Piauí no Consórcio Nordeste

O governador Wellington Dias sancionou, nessa quinta-feira (11), a lei que inclui o Piauí no Consórcio Nordeste, uma iniciativa que visa aprimorar parcerias entre os estados da região, em diversas