Patrulha Ambiental resgata gato macambira as margens da PI-142, em Simões
Publicado por: Iago Sousa | Data: 14/06/20

Patrulha Ambiental resgata gato macambira as margens da PI-142, em Simões

Integrantes da Patrulha Ambiental resgataram  as margens da PI – 142, em Simões, um Gato Macambira ( Leopardus emiliae). Ao saber do fato de imediato a equipe procurou apoio logístico de empresas da iniciativa privada e o empresário o Sr. Ancelmo Furtado, coordenador do Polo da Faculdade Cruzeiro do Sul na cidade de Araripina – PE, colaborou para que o resgate desse animal silvestre, tivesse êxito.
Se deslocaram até a cidade de Simões, os agentes ambientais Jeferson Lacerda, Jennifer Winne e Marquel Jacob, e com os equipamentos adequados e EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) recomendados, em fase da pandemia do Covid-19, realizaram o resgate do felino.
Após a ação desenvolvida, o Gato foi levado ao atendimento veterinário e ficando aos cuidados da Patrulha Ambiental, onde foi alimentado até a chegada da equipe do CPRH que conduzirá o animal para Centro de triagem de Animais Silvestres CETAS Tangara no Recife – PE.
A caça para o comércio de peles e a destruição das florestas são as principais causas de ameaça para essa espécie. Populações estão seriamente fragmentadas, sendo severamente reduzidas pela conversão do habitat natural para plantações e pastagens (de Oliveira et al. 2008). Além disso, o pequeno conhecimento sobre a biologia desta espécie, limita a possibilidade da atuação em estratégias de conservação eficientes. É classificado pela IUCN (União Internacional para Conservação da Natureza) como espécie vulnerável e pelo IBAMA, como ameaçado de extinção.
O Gato macambira é segundo menor gato silvestre da América do Sul, com tamanho semelhante ao de um gato doméstico. A pelagem tem a coloração básica que varia do amarelo pálido para o levemente ocre, com rosetas pequenas e incompletas. O melanismo é comum na espécie. O gato-macambira tem uma estrutura corpórea leve, aparentando frequentemente ter o corpo, as pernas e a cauda delgados. A pelagem mais pálida na barriga é coberta com pintas escuras. As orelhas são pretas na porção posterior, com uma mancha central branca. A cauda equivale a 60% do comprimento da cabeça e corpo. Os pelos são todos voltados para trás, inclusive os da cabeça e nuca.
A Patrulha Ambiental registrou um aumento no resgate e ou captura de animais silvestres nos últimos meses, tendo como fatores principais o ciclo reprodutivo de algumas espécies, desmatamentos, construções e o período de chuvas em que há o aumento do volume de água nos riachos, barragens e açudes, forçando os animais silvestres a procurarem novos abrigos.
Parte da equipe da Patrulha Ambiental já participou do treinamento no Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS Tangara – CPRH – Recife -PE) onde foram ensinadas técnicas de manejo e contenção de animais silvestres, trazendo assim, uma maior segurança no momento da ação.
Fonte: Patrulha Ambiental

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Caminhoneiro escapa de sequestro no Sul do Piauí e mata suspeito

Um caminhoneiro escapou de um sequestro na manhã de sexta-feira (7) e, na fuga, conseguiu matar o suspeito de o manter em cárcere. A abordagem aconteceu durante a madrugada no

PICOS | Jovem morre ao colidir contra poste no bairro Junco

Mais um acidente com vítima fatal foi registrado na cidade de Picos. Na madrugada desta quarta-feira, 01, por volta de 1h30min, o jovem Max Marciel Barbosa, de  24 anos, veio

NOTÍCIA DESTAQUE

Diretor de escola pública no Piauí é investigado por pedofilia

O diretor de uma escola pública estadual na cidade de Batalha, no interior do Piauí, está sendo investigado por pedofilia. O Cidadeverde.com entrou em contato com a Polícia Civil no município que