Suspeito de tentar matar ex-companheira é preso com documentos falsos
Publicado por: Danilo Bezerra | Data: 01/04/19

Suspeito de tentar matar ex-companheira é preso com documentos falsos

Um homem, identificado como Lazaro Pereira de Carvalho Filho, suspeito de tentativa de feminicídio, foi preso nesse sábado (30). Segundo informações do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), o homem foi preso com documentos falsos enquanto preparava sua fuga para o estado de São Paulo. Lazaro Pereira é o principal suspeito de efetuar três disparos contra sua ex-companheira, no dia 19 deste mês.

Mas o homem não foi preso pela suspeita de tentar tirar a vida de sua ex-companheira. Ele é acusado de homicídio, tráfico de drogas e receptação pela Justiça do Distrito Federal (DF).

Segundo informações do Núcleo Policial Investigativo de Feminicídio, Lazaro Pereira e outro homem, ainda não identificado, perseguiram Ingridy Maria Sousa e Silva na Avenida Visconde de Parnaíba, Zona Leste de Teresina, na manhã dessa terça-feira (19). Ingridy Silva foi vítima de três disparos de arma de fogo, ficou internada por quatro dias, mas já recebeu alta do hospital.

Um vídeo com imagens de câmeras de segurança mostra dois homens fugindo em um carro preto após efetuarem seis disparos contra a vítima. De acordo com informações de agentes, dois tiros pegaram no ombro da mulher e uma na mão, que estava protegendo seu rosto.

Nas imagens aparece um carro fechando uma moto, que estava Ingridy Maria Sousa e Silva. O homem desce do carro e a vítima corre. Ele efetua os disparos e retorna para o carro com o comparsa e um caminhão tenta parar os suspeitos, mas ainda conseguem fugir.

O funcionário de uma estofaria tenta defender a mulher com uma cadeira, mas os suspeitos efetuam disparos contra ele. Segundo informações do DHPP, os disparos foram feitos apenas para dispersar o homem. No vídeo é possível ver toda a movimentação e a fuga dos suspeitos.

A prisão de Lazaro Pereira foi feita por volta das 4h da madrugada desse sábado (30), em Timon, Maranhão, pela Polícia Civil do Maranhão com apoio de agentes do Piauí. Com ele, os policiais civis encontraram documentos falsos que ele usaria em sua fuga para o estado de São Paulo.

Mas o suspeito não foi preso pelo crime de tentativa de feminicídio. Ele teve a prisão definitiva decretada pelas acusações de homicídio, tráfico de drogas e receptação. Crimes que ele cometeu no DF.

Lazaro Pereira cumpria pena em regime semiaberto no estado do Maranhão em 2016 quando conheceu Ingridy Silva, que também cumpria pena. De acordo com informações da Polícia, ela terminou o relacionamento por excesso de ciúmes do ex-companheiro.

Segundo o DHPP, o homem confessou ser o autor do crime e que tinha a intenção de matar Ingridy Silva. A Polícia Civil do Piauí fez o pedido de prisão preventiva de Lazaro Pereira, que é apontado como principal suspeito do crime de tentativa de feminicídio.

Fonte: G1

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Belém do Piauí

Câmara de Belém realiza audiência pública sobre Projeto de criação da Previdência Própria

A Câmara Municipal de Belém do Piauí, presidida pelo vereador Bernardino Carvalho, realizou uma audiência pública nesta quarta-feira, 21, para discutir sobre o Projeto de Lei 40/2019, do Executivo Municipal,

NOTÍCIA DESTAQUE 0 Comments

Suspeito de assaltar banco no Piauí é preso um ano após o crime

Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (24) um homem suspeito de participar do assalto a uma agência do Banco do Brasil de Curimatá, a 775 km de Teresina, ocorrido há um