Família é presa por matar cachorros e gatos para vender a carne
Publicado por: Willians Sousa | Data: 23/10/19

Família é presa por matar cachorros e gatos para vender a carne

Três pessoas da mesma família foram presas em Guarapari – ES, suspeitas de vender carne de cachorro e gato em uma feira. A Polícia acredita que eles também usavam a carne para fazer linguiças.

As prisões aconteceram na última sexta-feira (18/10/2019) após denúncia anônima. Ao chegarem no local, foram encontrados 52 animais, dentre eles, gatos, cachorros e até um papagaio.

Os presos alegam que protegiam os animais, mas a Polícia Civil afirma que os animais sofriam maus-tratos e eram criados para abate em local insalubre, o que configura crime, principalmente se for usado para o consumo humano. A participação de mais um suspeito ainda está sendo investigada.

A fiscalização da produção, transporte e comercialização de carne é de responsabilidade dos Governos Federal e Municipal. Quem consumiu o produto deve ficar atento aos sintomas que podem aparecer, principalmente se o animal estiver infectado.

Fonte: Fala Nordeste via Metrópoles


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍCIA

Suspeito de chacina comprou faca para castrar vizinho e tinha submetralhadora

Clewilson Vieira Matias, preso ontem (6) uma semana após ter cometido a chacina do povoado Palmeira de Cima, em São Miguel do Tapuio (PI), pretendia fazer mais vítimas do que

POLÍCIA

Dezenas vão parar no hospital após PM-PI usar spray de pimenta em festa

Um policial militar precisou usar gás lacrimogêneo e spray de pimenta para conter um tumulto que se iniciou após briga em uma festa na cidade de Porto, a 183 km

POLÍCIA

Presos serram grades de delegacia, mas policiais evitam fuga no Piauí

Imagem ilustrativa. Presos da delegacia de José de Freitas, a 48 km ao Norte de Teresina, que aguardam a transferência para o sistema prisional do Piauí tentaram fugir na madrugada