Preso suspeito de liderar quadrilha que invadiu duas agências bancárias no Piauí
Publicado por: | Data: 03/12/19

Preso suspeito de liderar quadrilha que invadiu duas agências bancárias no Piauí

Marcelo Pimentel Cunha Nery, mais conhecido como “Marcelo Negão”, foi preso na noite dessa segunda-feira (2), com várias armas de grosso calibre dentro de um veículo na cidade de Campo Maior, a 84 km de Teresina. Ele é suspeito de liderar a quadrilha que invadiu duas agências bancárias em Campo Maior, a em abril deste ano. Nessa segunda, foi preso com ele Misael Queiroz Alves. A ação foi realizada em conjunto pela Polícia Militar e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com a Polícia Militar, “Marcelo Negão” era o líder de uma quadrilha que atacou e explodiu as agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal em Campo Maior no dia 30 de abril deste ano. Imagens de câmeras de segurança mostraram o momento do ataque.

Vídeo mostra momento da ação dos bandidos em assalto a banco em Campo Maior

Vídeo mostra momento da ação dos bandidos em assalto a banco em Campo Maior

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), nessa segunda-feira os suspeitos estavam em um veículo de cor prata, quando furaram um bloqueio realizado por agentes da PRF na BR-343, entre Teresina e Altos. A Polícia Militar foi acionada e iniciou buscas em Campo Maior pelo veículo utilizados pelos suspeitos.

No interior do veículo foram encontrados um fuzil AK-47, uma pistola .40, 169 cartuchos calibre 7.62, 25 cartuchos calibre .40, quatro carregadores de fuzil, um carregador de pistola, além de dois coletes balísticos e diversos outros objetos.

De acordo com a Polícia Militar do Piauí, “Marcelo Negão” foi encontrado por policiais militares do Batalhão de Campo Maior em uma loja de conveniência de um posto de combustível da cidade fazendo o proprietário como refém.

Polícia apreendeu armas com suspeito de assalto a banco em Campo Maior. — Foto: Divulgação/PM

Polícia apreendeu armas com suspeito de assalto a banco em Campo Maior. — Foto: Divulgação/PM

De acordo com o comandante do 15° Batalhão, major Etevaldo Silva, a polícia suspeita que “Marcelo Negão” estivesse planejando outro ataque a agências bancárias em Campo Maior ou em outra cidade da região.

“A presença desse homem perigoso em Campo Maior, com essas armas e a quantidade de munição, era um claro sinal de um novo ataque. Essas quadrilhas vivem disso. Ele negou, disse que estava só de passagem, indo para Fortaleza, mas a investigação vai ser feita”, disse o comandante.

Os suspeitos, o veículo e todo o armamento apreendido foram encaminhados para Polícia Civil de Campo Maior. O caso foi encaminhado para o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco). Os homens responderão por roubo, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e associação criminosa.

Fonte: G1

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Proposta prevê multa de trânsito proporcional à renda do infrator

Tramita na Câmara dos Deputados um projeto de lei que prevê a aplicação de multas de trânsito com valor proporcional a faixas de renda do infrator. O PL 2994/19 é

NOTÍCIA DESTAQUE

Pagamento do abono do Bolsa Família injetará R$ 94 milhões no Piauí

Será liberado a partir da terça-feira (10) em todo o Brasil o pagamento do abono natalino do Programa Bolsa Família. Este ano, o benefício será pago junto com a parcela referente ao mês

NOTÍCIA DESTAQUE

No Piauí, mulher fica ferida após árvore cair em na sua cabeça

Uma vendedora ambulante ficou ferida após ser atingida por um árvore no Centro de Teresina. O caso aconteceu na tarde desta terça-feira (11/12). A mulher vendia água de coco próximo