Suspeitos de crime de Castelo serão ouvidos sobre morte de comparsa
Publicado por: Danilo Bezerra | Data: 24/08/15

Suspeitos de crime de Castelo serão ouvidos sobre morte de comparsa

O juiz da Vara da Infância e da Juventude, Antonio Lopes de Oliveira, está realizando nesta segunda-feira (24) audiências de reavaliação, uma revisão de todos os casos de internos do Centro Educacional Masculino (CEM), por sugestão do Conselho Nacional de Justiça. A defensora pública Patrício de Almeida Santos e o promotor Maurício Verdejo Gonçalves Júnior também acompanham os processos e informa que todos os internos devem ter suas sentenças avaliadas até a semana que vem.

“É uma ação de rotina. Estamos verificando todos os casos. Acredito que hoje já teremos três ou quatro que conseguirão progressão, passando para a semiliberdade”, informou o promotor.  De acordo com Verdejo, os casos são diversos e estão sendo analisados mesmo aqueles mais recentes. Os adolescentes que tiverem progressão para a semiliberdade poderão ir para casa aos finais de semana e estudar ou trabalhar fora do CEM, retornando para pernoitar.

Castelo
A defensora Aline Patrício informou que ainda não há previsão de data para a reavaliação dos três adolescentes suspeitos do crime de Castelo do Piauí. Ela acrescenta que entrou com recurso solicitando a inocência do trio. “O recurso é uma apelação pela absolvição deles sobre o caso de Castelo. Ainda não há data para isso acontecer porque as partes ainda serão notificadas. Nessa semana, ou na outra, eles serão ouvidos em audiência sobre o assassinato do Gleison”, informou.

Estrutura
Na última sexta-feira (21), o Ministério Público se reuniu com representantes do CEM e outros centros educacionais para discutir melhorias para o local. Segundo, informações dos servidores, foi já foi aberto processo seletivo para contratação de assistentes sociais; adquiridos os colchões destinados aos adolescentes; lotados dentistas e técnicos em enfermagem no Centro Educacional Masculino; contratado educador físico para os jovens em semiliberdade. Outras soluções foram a lotação de dois psicólogos para o CEM em definitivo e a assinatura de um convênio entre a Seduc e o IFPI, respectivamente para implantação de uma Escola Modelo no Centro Educacional Masculino e participação dos adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa no curso profissionalizante de robótica, entre outras medidas.

Até o dia 25 de setembro deve ser apresentado o projeto e ampliação de reforma do CEM. “Um dos grandes problemas é a falta de educadores. Esperamos que isso seja resolvido rapidamente”, acrescenta o promotor Maurício Verdejo. Na reunião também ficou definido que a Secretária de Assistência Social irá elaborar, no prazo de 30 dias, um levantamento discriminando o impacto financeiro para contratação de 60 novos socioeducadores, encaminhando-o para Secretária Estadual de Fazenda Administração e para o Ministério Público.

 

Fonte: Cidade Verde

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍCIA 0 Comments

Grupo invade prefeitura, faz prefeito e mais 16 pessoas reféns no Piauí

Oito homens armados invadiram a prefeitura de Parnaíba, Litoral do Piauí, renderam três seguranças e fizeram mais de 16 pessoas reféns dentre elas o prefeito Florentino Neto. Segundo o comandante

POLÍCIA

Usuário de drogas é morto a facadas no litoral do Piauí

Nesta segunda-feira (8) um homem conhecido apenas como “Magrão” foi assassinado a facadas no bairro Beira Mar, na cidade de Luís Correia, litoral piauiense. De acordo com informações de testemunhas,

POLÍCIA

Jovem é agredido e preso após furtar bicicleta em residência no litoral do Piauí

Um jovem identificado como Daniel da Silva Santos, 18 anos, foi preso pela Policia Militar suspeito de roubar uma bicicleta na manhã deste domingo (23/06) no bairro São Benedito, na