Após protestos, Wilson Martins diz que país espera postura convincente
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 16/03/15

Após protestos, Wilson Martins diz que país espera postura convincente

Afastado da mídia desde que perdeu as eleições 2014, onde disputou uma vaga ao Senado Federal, o ex-governador Wilson Martins (PSB) preferiu usar as redes sociais para comentar os protestos deste domingo (15) em várias cidades brasileiras. Em Teresina, cerca de 3 mil pessoas compareceram à avenida Marechal Castelo Branco onde pediram o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Na ocasião realizaram um enterro simbólico de seu governo.

Na postagem, Wilson Martins evitou citar nomes e críticas diretas ao governo. Também não falou em impeachment de Dilma Rousseff e no governo estadual.

“Hoje (domingo) o Brasil disse muito e isso não pode ser minimizado. O país espera uma postura convincente para seguir….o que se viu fora, habita dentro de cada um de nós! #Brasil”, disse o ex-governador em seu perfil no Instagram. Na foto postada, uma bandeira do Brasil cobrindo uma praia.

Ao contrário do ex-governador, seu irmão, o deputado estadual Rubem Martins (PSB) participou do protesto e disse que esta semana faria denúncias contra o governo na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi). O ex-governador Zé Filho (PMDB) também esteve na manifestação onde acusou o governo estadual de plantar mentiras sobre sua administração.

 

Fonte: Cidade Verde

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Ministro Edson Fachin dá mais três dias para Temer responder à PF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin atendeu nesta terça-feira (06), o pedido do presidente Michel Temer e lhe concedeu mais três dias para responder às 82 perguntas

POLÍTICA

Firmino participa de workshop em Campinas (SP) sobre Planejamento Urbano

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, participa na próxima quinta-feira (19), em Campinas (SP), do Workshop sobre Planejamento Urbano com o lançamento do guia “Como prefeitos e prefeitas podem construir

POLÍTICA

Desinformação pode levar a cassação de candidatos, diz procurador Regional Eleitoral do Piauí

O procurador Regional Eleitoral do Piauí, Leonardo Carvalho Cavalcante de Oliveira alertou que as informações falsas – consideradas desinformação ou fake-news – podem levar a cassação de candidatos. O TSE