Bolsonaro diz que governos têm culpa sobre combustíveis
Publicado por: | Data: 06/02/20

Bolsonaro diz que governos têm culpa sobre combustíveis

O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a falar nesta quarta-feira, 5, sobre o preço dos combustíveis. Durante discurso na solenidade comemorativa dos 400 dias do governo, Bolsonaro disse que é preciso discutir o preço da gasolina. “O governo (federal) tem sua culpa? Tem, mas os governadores têm também sua culpa”, afirmou.

Pela manhã, o presidente desafiou os governadores a mudarem a cobrança o ICMS sobre os combustíveis para que o governo federal reduza impostos federais sobre o produto. “Eu zero o (imposto) federal, se zerar ICMS. Está feito o desafio aqui. Eu zero o (imposto) federal hoje e eles (governadores) zeram ICMS. Se topar, eu aceito. Está ok?”, disse Bolsonaro.

O presidente dirigiu-se ao governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), ao comentar o preço de combustíveis no evento.

No começo de seu discurso, o presidente fez elogios ao governador, dizendo que, “para o bem do País”, Caiado tem “mais degraus” a subir, sem deixar claro se sugeria que ele poderá ser presidente da República no futuro, por exemplo.

Caiado participou, mais cedo, de almoço no Palácio da Alvorada com autoridades dos três Poderes.

Fonte: Estadão Conteúdo

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA 0 Comments

Dilma vai de 40% para 37% mas ainda ganha no primeiro turno, diz Ibope

As intenções de voto na presidente Dilma Rousseff (PT) variaram de 40% em março para 37% neste mês, mas ainda assim ela venceria a eleição no primeiro turno se tivesse

POLÍTICA

Margarete rebate críticas e diz que discurso de Zé Filho “não pega”

Após uma série de críticas de Zé Filho (PMDB) à Wellington Dias (PT), de que o Estado não evoluiu enquanto o petista era governador, a candidata à vice-govenadora pela coligação

Picos

Gil Paraibano recorre de decisão que negou cassação do Padre Walmir

A defesa do candidato derrotado a prefeito de Picos, empresário Gil Marques de Medeiros, o Gil Paraibano (PP), ingressou com recurso contra a decisão do juiz da 62ª zona eleitoral,