Bolsonaro diz que veio ao Piauí “sentir o povo”
Publicado por: | Data: 31/07/20

Bolsonaro diz que veio ao Piauí “sentir o povo”

O  presidente Jair Bolsonaro (sem partido), ao encerrar a visita em São Raimundo Nonato, garantiu que irá ajudar o turismo,  que está parado por causa da pandemia do coronavírus.

O presidente falou rapidamente com a imprensa, após cumprimentar apoiadores no Aeroporto de São Raimundo Nonato.  “Viemos entregar obras e sentir o povo. Faz parte do mandato da gente”, declarou.

Bolsonaro afirmou, ainda ,que o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, ao lado do senador Ciro Nogueira, anunciou recurso de aproximadamente R$ 6 milhões para São Raimundo Nonato.

“O ministro do Turismo anunciou recurso e  vou ajudar no futuro porque o turismo esta parado no mundo todo. E vou ajudar incrementar o turismo”, afirmou o presidente Bolsonaro que ,novamente, estava sem usar máscara.

O presidente foi questionado sobre a Reforma Tributária e o apoio ao senador Ciro Nogueira, mas não respondeu as perguntas.

Por volta das 14h30 Bolsonaro embarcou no avião presidencial para Brasília, ao lado de Ciro Nogueira. O presidente ficou mais tempo que o previsto em São Raimundo Nonato. Na agenda oficial a previsão era de que a visita encerrasse 13h.

A visita de Bolsonaro ao Piauí 

Ao desembarcar no aeroporto internacional de São Raimundo Nonato, na manhã desta quinta-feira (30), o presidente Jair Bolsonaro cumprimentou simpatizantes que estavam concentrados nas proximidades do local. Utilizando um chapéu de couro, o presidente quebrou o protocolo e surpreendeu os presentes ao subir em um cavalo da raça quarto de milha.

No momento, Bolsonaro tirou a máscara e agradeceu aos apoiadores que estavam presentes para recepcioná-lo. “Obrigado, Piauí. É um prazer estar no meio de vocês”, disse o presidente da República.

Segurando faixas e com gritos de apoio, cerca de 300 simpatizantes, de acordo com a Polícia Militar, se aglomeraram para acompanhar a chegada de Bolsonaro ao Aeroporto de São Raimundo Nonato. Entre os presentes, crianças e idosos também acompanharam a chegada.

Foto: Ascom/Ciro

Apesar do forte esquema de segurança montado no local, o presidente chegou a cumprimentar e pegar na mão de diversos apoiadores, desrespeitando das recomendações das autoridades de saúde para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

Logo em seguida Bolsonaro seguiu para o parque, que enfrenta escassez de recurso e demitiu cerca de 50% dos funcionários do Parque e do Museu da Natureza. O presidente visitou o Boqueirão da Pedra Furada, onde recebeu prefeitos de Brejo, Coronel José Dias, João Costa e São Raimundo Nonato e apoiadores.

guarda_.jpg

guarda_-10.jpg

guarda_-9.jpg

guarda_-8.jpg
guarda_-6.jpgguarda_-5.jpgguarda_-4.jpg
guarda_-2.jpg

Fonte: Cidade Verde

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA 0 Comments

Elmano Férrer assina carta contra sanção da lei de terceirização

O Senador Elmano Férrer (PMDB) assinou uma carta pedindo ao Presidente Michel Temer (PMDB) que não sancione o projeto da terceirização aprovado na Câmara dos Deputados no último dia 22.

POLÍTICA

Wellington afirma que não vê luz no fim do túnel para a crise no Piauí

O governador Wellington Dias voltou a falar sobre a crise financeira do Estado, na manhã desta segunda-feira (25), durante lançamento da 7ª Edição do Sabor Maior, no Palácio de Karnak.

POLÍTICA 0 Comments

Em Floriano, governo investe mais de R$ 20 milhões em obras

O governador Wellington Dias cumpriu agenda em Floriano nesta segunda (30), onde visitou e inaugurou obras executadas pelas secretarias estaduais de Saúde, Transportes e Cultura. Ao todo, mais de R$